Celebramos os 117 anos de Carlos Drummond de Andrade

images.jpg

No dia do aniversário de um dos maiores poetas brasileiros, o mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), um poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX.

Uso de seu Poema – “E agora José” para uma reflexão do nosso momento –  vazio, ausência e carência de tudo…

 

José

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
e agora, você?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,
você que faz versos,
que ama, protesta?
e agora, José?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
Sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio — e agora?

Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.
José, e agora?

Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse…
Mas você não morre,
você é duro, José!

Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja a galope,
você marcha, José!
José, para onde?

 

 

 

Carolina: Prefeito engana as mulheres no Outubro ROSA

001.jpg

Todas as mulheres têm direito ao acesso à saúde integral, humanizada e de qualidade, livre de qualquer forma de preconceito ou discriminação por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).  Em Carolina/MA é diferente… Tenda montada, circo armado, discurso do Prefeito, alvoroço dos asseclas e atraso no atendimento e quando começam a atender as mulheres o resultado foi o que todos já sabemos… SÓ PROPAGANDA.

O mês de Outubro já é conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O movimento, conhecido como Outubro Rosa, é celebrado anualmente desde os anos 90. O objetivo da campanha é compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade.

Mas em Carolina+MA demonstrou-se que foi um ato politico com direito a discurso do Prefeito…  só…

Várias mulheres nos relatam que saíram com os pedidos de vários exames, sem uma data para fazerem e onde fazerem. Então, fica ai a questão: SE NÃO IRÃO FAZER AO MENOS UMA MAMOGRAFIA, O QUE COMEMORAR NO TAL OUTUBRO ROSA?

Falar em direito à saúde implica em uma perspectiva de cuidado integral, completo.

02.jpg

 

 

 

UEMA abre inscrições para o programa Ciência é 10

download.jpeg

A expectativa é que 450 professores do ensino fundamental da rede pública sejam beneficiados com a formação especial.

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), por meio do Núcleo de Tecnologias para Educação (UEMAnet), está com as inscrições abertas para o programa Ciência é 10. A pós-graduação lato sensu é voltada para professores da rede pública que atuam no ensino de ciências do 6º ao 9º ano do Fundamental.

Iniciativa da CAPES e integrante do programa Ciência na Escola, do MEC, MCTIC e CNPq, o programa tem como objetivo trazer para a sala de aula e demais espaços de aprendizagem uma metodologia mais dinâmica, criativa e que desperte a curiosidade das crianças. Para tanto, o curso é organizado em torno de grandes temas integradores, ao invés de disciplinas convencionais, o que estimula que os próprios participantes saiam de sua zona de conforto.

Como uma das protagonistas quando o assunto é educação a distância, a UEMA é a instituição com maior número de vagas em todo o Brasil. Ao todo, a universidade oferece 450 vagas, distribuídas para professores dos municípios de São Luís, Bom Jesus das Selvas, Carolina, Caxias, Coelho Neto, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Imperatriz, Loreto, Paraibano, Porto Franco, Santa Inês e Viana.

As inscrições se estendem até 08 de novembro e o edital completo pode ser conferido no link: http://www.uemanet.uema.br/?p=3335. Maiores informações pelo email contato@uemanet.uema.br.

Araguaína: PF desarticula organização criminosa que atuava no norte do Tocantins

36edb229-89af-478c-89b0-4751e712be54.jpeg

A Polícia Federal, com a cooperação da Polícia Civil do Tocantins, deflagrou na manhã desta quinta-feira (31) a Operação Apocalipse 5º Selo, visando desarticular facção criminosa responsável por crimes como extorsão mediante sequestro, roubo, homicídio e tráfico de drogas.

Segundo a PF, a operação é resultado de um trabalho conjunto das duas polícias no compromisso em combater de forma efetiva a atuação de facções criminosas em Araguaína (TO), que são responsáveis por cometimento de crimes violentos e por causar intranquilidade social.

Aproximadamente 80 policiais federais e civis cumprem 19 mandados de busca e apreensão e 28 mandados de prisão preventiva na cidade de Araguaína/TO e Nova Olinda/TO, expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Estadual de Araguaína/TO.

A operação também conta com o apoio da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, que intensificaram o policiamento ostensivo, realizando abordagens de suspeitos no intuito de garantir a ordem pública em Araguaína.

O nome da operação, Apocalipse 5º Selo, faz alusão a passagem bíblica que narra o quinto ato apocalíptico “o lamento dos mártires”.

 

 

Curso Wellington promove a 10ª Revisão Solidária para o ENEM

IMG-20191031-WA0051.jpg

O Curso Wellington realiza dos dias 02 e 09 de novembro a 10ª Revisão Solidária para o ENEM (serão dois sábados seguidos, antecedendo a realização das provas).

Neste evento preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2019, serão divulgadas as últimas dicas e informações dos professores para a prova, que conta com mais de 5 milhões de inscritos e será aplicada em todo o Brasil, nos dias 03 e 10 de novembro.

A Revisão ocorrerá no auditório de todas as unidades do curso.
Serão abordados temas das disciplinas Língua Portuguesa, Física, Biologia, Química, História, Geografia, Matemática e Redação. Para participar, o vestibulando precisa DOAR 5 kg DE ALIMENTOS NAO PERECÍVEIS (os 5 kg já é o passaporte para os dois dias de Revisão Solidária). Esses alimentos serão revertidos para comunidades carentes, entidades filantrópicas, dentre elas o Hospital Aldenora Bello, e os próprios alunos vão fazer a distribuição.

O Projeto Enem Solidário foi idealizado no fim de 2010, com o objetivo dualístico de orientar os vestibulandos, em especial os da rede pública, para os processos seletivos e, ao mesmo tempo, demonstrar compromisso social ao arrecadar alimentos para posteriormente serem doados a comunidades carentes e instituições filantrópicas.

Convide seus amigos! PARTICIPE!

Nova função do WhatsApp vai impedir que você seja adicionado em qualquer grupo

what

Uma nova funcionalidade do WhatsApp deve acabar com o stress de ver o celular vibrar sem parar quando somos imediatamente adicionados a um grupo. Está em testes um recurso que permite controlar como isso acontece no aplicativo, indicando que apenas contatos registrados poderão fazer isso e, também, aqueles que serão bloqueados completamente de fazerem esse tipo de coisa.

A funcionalidade ainda está em estágio de testes, mas deve dar as caras em breve nas versões Android e iOS do aplicativo. No sistema, disponibilizado a um número restrito de usuários, é possível permitir que qualquer um adicione o usuário a grupos, apenas aqueles cadastrados na agenda ou todos estes, menos alguns especificamente escolhidos, que passam a fazer parte de uma lista de impedimento completo.

É a segunda vez que o recurso aparece em estágio de testes. Mas, agora, ele retorna sem uma quarta opção, que pode ser vista como importante para alguns. Além das três citadas, a versão original da funcionalidade contava com a possibilidade de restringir totalmente a adição a grupos, de forma que absolutamente ninguém possa fazer isso. Pelo jeito, o WhatsApp mudou de ideia e quer que você tenha, pelo menos, algum nível de socialização.

Entretanto, com os testes, é fácil atingir basicamente a mesma coisa, bastando escolher a opção de apenas contatos e restringir todos aqueles que estiverem cadastrados na agenda. Em todos os casos em que um convite para grupo for restrito, o usuário receberá apenas uma notificação sobre o assunto, podendo escolher ingressar ou não ao longo das 72 horas seguintes à adição.

O lado bom de tudo isso é que a novidade parece se encontrar já no estágio final de testes e deve ganhar a versão final do “Zap” em breve. O recurso já teria sido liberado na Índia, mesmo que de forma segmentada, e pode chegar nas próximas semanas a usuários de todo o mundo. Ainda não há uma data marcada para isso, mas, como o recurso já funciona plenamente em estágio Beta, dá para pensar que ele não deve demorar mesmo para dar as caras globalmente.

Fonte: WABetaInfo

 

 

 

Maranhão: 5 PMs são presos em operação contra homicídios e tráfico de drogas no MA

Operação ‘Cifra Negra’ cumpriu 30 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de prisão.

colagem-sem-titulo
Sargento Valber Santos (à esquerda), sargento Janilson Santos (direita) e soldado Cleomar do Nascimento (centro) — Foto: Reprodução/TV Mirante

As polícias civil e militar realizaram nesta quarta (30) a 1ª fase da operação ‘Cifra Negra’, que cumpriu mais 30 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento no tráfico de drogas, armas, exploração de jogos de azar, prevaricação e homicídios com características de execução no Maranhão.

“Ela [operação] ocorreu em vários municípios do estado do Maranhão, falou cumpridos três mandados de prisão na grande Ilha de São Luís, cumprimos mandados em Viana, Matinha, Penalva e dois foram presos ainda no estado do Mato Grosso”, afirmou o delegado Guilherme Campelo.

Segundo a polícia, nessas regiões atuavam grupos de extermínio com atuação de milícias. Os integrantes agiam com violência e intimidação, possuindo relações com o Poder Público para burlar as investigações.

Dentre os presos estavam cinco policiais militares, como o soldado Cleomar do Nascimento e os sargentos Valber Santos Costa e Janilson Santos, que já foi candidato a vereador em Viana. Eles eram responsáveis por dar cobertura e despistar a atenção da polícia no momento das ações criminosas.

“Os policiais trabalhavam, de certa forma, para blindar a atuação do grupo criminoso, bem como dar determinados comandos. A motivação desses homicídios eram as mais diversas e, aliado a isso, tinha tráfico de drogas porque muitos desses que foram presos hoje tem envolvimento com o tráfico e tem passagem na polícia nesse sentido,” afirmou o delegado Guilherme.

 

 

PRF recupera 146 veículos roubados em nove municípios do Maranhão

whatsapp-image-2019-10-28-at-20.35.52

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, entre os dias 24 a 28 de outubro, a operação “Jamnapari II”, com foco na recuperação de veículos roubados, furtados e com adulteração nos elementos de identificação. Na ocasião, nove municípios participaram da operação.

Dezenas de Policiais Rodoviários Federais e Policiais Civis do Maranhão atuaram em conjunto na identificação de fraudes veiculares, que também contou com o apoio do serviço de inteligência policial de ambas as instituições de segurança pública.

As ações foram desencadeadas nos municípios de Caxias, Governador Luiz Rocha, Gonçalves Dias, Tuntum, São Domingos do Maranhão, Santo Antônio dos Lopes, Presidente Dutra, Colinas e Fortuna.

Em cinco dias atuando na área operacional, os agentes da PRF apreenderam 146 veículos, sendo 125 com ocorrência de roubo e furto e 21 adulterados. Além disso, foi apreendido um revólver e uma pessoa presa pelo crime de embriaguez ao volante.

Dos 146 veículos apreendidos na operação “Jamnapari II”, 125 são motocicletas, representando aproximadamente 85% das ocorrências. As motocicletas são mais visadas pelas quadrilhas devido à facilidade na subtração, destinação e comercialização. Todas as ocorrências foram encaminhadas à Polícia Civil.

Histórico

A primeira edição da operação “Jamnapari” ocorreu em dezembro de 2015 e recuperou um total de 68 veículos alvos de roubo, furto e com sinais de adulteração em seus elementos de identificação. No último quadriênio a PRF vem intensificando o combate a esse tipo de crime, resultando na recuperação de 923 veículos em todo estado.

As apreensões deram à PRF condições de elaborar um mapa da procedência dos veículos produtos de roubo ou furto que chegam ao Maranhão. Destacam-se estados da região Sudeste e Centro-Oeste, como São Paulo, Goiás e Distrito Federal, além de Estados vizinhos, Pará, Piauí e Tocantins. Também foi possível identificar os principais municípios maranhenses receptores dos veículos irregulares.

O nome da operação diz respeito a uma raça de cabra. No jargão policial, “cabrito” é um veículo com procedência ruim, podendo ser roubado, furtado ou adulterado.

 

Efeito Bozo: Governo quer reduzir em 30% encargos trabalhistas para gerar empregos para jovens

images (3).jpg

Além das novas propostas de emendas constitucionais para reduzir gastos, o governo do presidente Jair Bolsonaro estuda cortar em 30% os encargos trabalhistas de empresas que empregarem jovens entre 18 e 29 anos e pessoas com idade acima de 55 anos.

A medida faz parte das ações que serão anunciadas em breve pela equipe econômica para gerar empregos e mostra uma preocupação social do governo num momento de tensão nos países vizinhos.

A redução em 30% dos encargos trabalhistas valeria por um período de dois anos para estimular a contratação de jovens que estão com dificuldades de ingressar no mercado de trabalho.

O corte pode ser feito na contribuição previdenciária, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), salário-educação e contribuições do Sistema S (que reúne instituições como Sesc, Senai e Senac). A medida deve ser anunciada na próxima segunda-feira (4), quando o Palácio do Planalto vai fazer um balanço dos primeiros 300 dias do governo Bolsonaro.

Novas medidas

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, também está finalizando a elaboração de quatro propostas de emenda constitucional para serem enviadas ao Congresso em novembro. Uma delas será a reforma administrativa, que visa cortar gastos com pessoal, reduzindo os salários iniciais das carreiras do setor público e eliminando a estabilidade para os futuros servidores, com exceção das carreiras típicas de Estado, como diplomatas e auditores fiscais.

As outras três PECs se referem ao pacto federativo. Uma delas vai criar o regime de emergência fiscal, que fará mudanças na regra de ouro, criando mecanismos para serem acionados sempre que a norma estiver em risco de ser descumprida. A regra de ouro visa impedir que o governo se endivide para pagar despesas correntes, mas vem sendo descumprida nos últimos anos com a aprovação de créditos extraordinários no Congresso.

Outra proposta vai tratar do novo marco institucional fiscal, com regras a serem seguidas por União, Estados e municípios na área fiscal e acelerando a transferência de recursos para governadores e prefeitos.

Uma terceira medida vai promover a desvinculação, desindexação e desobrigação de gastos do Orçamento da União, principalmente dos fundos infraconstitucionais.

A equipe de Paulo Guedes considera fundamental acelerar a agenda de novas medidas na área econômica neste momento de tensão e incertezas em países da América do Sul, como Chile, Argentina, Bolívia e Equador, com economias em crise na região. Com isso, a estratégia do governo é mostrar que o Brasil está em outro rumo.

 

 

Lava Jato na rua: PF cumpre 11 mandados de busca

images (2).jpg

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) cumprem hoje (29) mandados de busca e apreensão em 11 endereços de familiares e pessoas ligadas a Paulo Vieira de Souza. A investigação busca indícios de lavagem de dinheiro praticada pelo ex-diretor da Desenvolvimento Rodoviário S/A, também conhecido como Paulo Preto. O desdobramento da Operação Lava Jato chamada de Pasalimani realiza buscas na cidade de São Paulo, em Taubaté (interior paulista), Ubatuba (litoral norte), Taboão da Serra (região metropolitana) e Itapetininga (interior).

Paulo Vieira já foi condenado a mais de 145 anos de prisão pela Justiça Federal pela atuação no desvio de verbas públicas e a 27 anos de prisão por ter ajudado na formação de um cartel para fraudar obras viárias no estado de São Paulo. Ele responde a outro processo na Justiça Federal por corrupção e lavagem de dinheiro.

Segundo a investigação da Operação Lava Jato, o cartel, no qual Viera teve papel desicivo a partir de 2007, teria eliminado a concorrência nas licitações do Rodoanel Sul com a participação de 18 construtoras. O MPF pede na ação o ressarcimento de R$ 521 milhões e a devolução de R$ 21 milhões que Vieira e outros agentes públicos teriam recebido como propina.

Em junho, a Justiça Federal determinou o bloqueio dos bens de Vieira. Em sua decisão, o juiz determinou o sequestro de dois imóveis [a mansão no condomínio Iporanga, no Guarujá, e um apartamento no condomínio Marina VI, em Ubatuba] e da lancha Giprita III, de propriedade da empresa P3T Empreendimentos e Participações, que foi criada em 2014 por Paulo Preto.