Carolina: Prefeitura fecha as portas alegando queda de receita e recebe R$R$ 3.278.770,45 sem justificar gastos em julho de 2017

bb3
SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil

Alguém em sã consciência estranha o decreto assinado pelo Prefeito Erivelton T. neves Fechando as portas dos serviços públicos na última semana de julho de 2017.

As alegações apresentadas não condizem com os valores que caem nos cofres públicos.

O valor é milionário e o que estranha é a falta de serviços públicos que justifiquem o gasto desses valores.

Download extrato . [bb.com JULHO 2017

Prefeitura de Açailândia-MA abre concurso para preencher 259 vagas

1446890558.jpg

A Prefeitura de Açailândia, no Maranhão, divulgou o edital nº 001/2017 de concurso público, (clique AQUI, para ver), com a finalidade de selecionar pessoal para contratação de 259 servidores de ensino médio, técnico e superior, além de formar dezenas de cadastros de reserva. As remunerações ofertadas vão de R$ 1.146,86 a R$ 11.377,64, para desempenhar atividades em carga horária de até 40 horas por semana ou por plantão.
Os cargos com vagas são: Assistente Social, Enfermeiro, Médico Plantonista (Anestesista, Cirurgião, Clínico, Ginecologista, Ortopedista), Médico Clínico ESF, Médico Ambulatorial (Cardiologista, Cirurgião, Clínico, Endocrinologista, Geriatra, Ginecologista, Infectologista, Nefrologista, Neurologista, Ortopedista, Otorrinolaringologista, Pediatra, Pneumologista, Urologista), Nutricionista, Psicólogo, Revisor de Braille, Supervisor, Professor de várias modalidades, Instrutor de Oficina de Artesanato, Auxiliar de Educação Infantil e Técnico (em Enfermagem, em Enfermagem do Trabalho, de Laboratório e Radiologia / Raio X).
As inscrições serão aceitas no período de 4 de agosto a 4 de setembro de 2017, pela internet, no site http://www.fsadu.org.br ou http://www.sousandrade.org.br.
O concurso será composto de prova escrita objetiva, prática e análise de títulos, conforme o cargo pretendido. A realização da prova objetiva está prevista para o dia 24 de setembro de 2017, em local e horário a serem divulgados posteriormente.
O prazo de validade do concurso público é de dois anos, a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

POLÍCIA CIVIL PRENDE E APREENDE SUSPEITOS DE LATROCÍNIO EM IMPERATRIZ

imperatriz-750x430.jpg

A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios da cidade de Imperatriz, realizou uma operação  que resultou no cumprimento do mandado de prisão temporária de Lucas Silva de Sousa (Dudu), Raílson da Silva Lopes (Jalim) e Lucas do Santo Pereira (Luquinha), além da apreensão de um menor infrator, todos suspeitos de serem os autores de um latrocínio no bairro Santo Amaro, em Imperatriz.

De acordo com o Delegado Jean Algarves, o crime teria ocorrido em julho de 2016, tendo como vítima, Euílson Andrade de Oliveira Santos, de 44 anos. Ainda segundo o delegado, o suspeito Lucas de Sousa, que já responde a vários crimes e Raílson Lopes, foram presos em suas respectivas residências.

Já Lucas Pereira, atualmente cumpre pena no presídio do bairro Itamar Guará pelo crime de roubo qualificado e o menor infrator encontra-se apreendido na antiga FUNAC para medidas de ressocialização.

 Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP

SUSPEITO DE ROUBOS NO MARANHÃO É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL DO CEARÁ

araioses-750x430
Reprodução Policia Civil

Em uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Araioses e a Polícia Civil do Ceará, conseguiu cumprir um mandado de prisão preventiva em desfavor de Alderico Santos da Silva ,de 20 anos , suspeito pelo crime de roubo qualificado pelo emprego de arma e pelo concurso de pessoas , além de associação criminosa na cidade de Araioses.

As investigações começaram a partir de um crime ocorrido em novembro de 2016, onde Alderico teria roubado uma motocicleta na companhia de um comparsa. Na ocasião, a Polícia Civil do Maranhão conseguiu prender o comparsa no roubo e o receptador das motocicletas roubadas por Alderico.

Após o cerco da polícia, Alderico fugiu para a cidade de Chaval no Ceará, onde se mantinha escondido. De posse dessas informações, a PC do Maranhão repassou as devidas orientações às autoridades policiais daquele estado para capturarem o criminoso. No ato da prisão, a polícia conseguiu ainda apreender uma média quantidade de drogas.

Buscopan Composto gotas é recolhido do mercado

download

Com ação analgésica, é indicado para o tratamento dos sintomas de cólicas menstruais, intestinais, estomacais, urinárias, entre outros. O remédio é fabricado pela Boehringer Ingelheim do Brasil, que comunicou à Anvisa, em maio,  sobre o fim – temporário, afirma a empresa –  da fabricação do medicamento. No dia 13 de junho iniciou-se a retirada do produto de circulação.

Boehringer Ingelheim está realizando, de forma voluntária e preventiva, o recolhimento do Buscopan Composto gotas”, afirmou a empresa.

O motivo foi “resultado fora de especificação identificado durante estudos de estabilidade, que fazem parte do monitoramento dos produtos farmacêuticos no mercado”.

A empresa não tem previsão de quando será normalizada a distribuição do composto no mercado nacional, mas ressalta que há alternativas terapêuticas disponíveis, e que demais “produtos da família Buscopan, como Buscopan Composto comprimidos e Buscopan gotas continuam disponíveis” aos consumidores

Hospitais em Carolina e Balsas fortalecem saúde na região sul

Em Balsas, a unidade está sendo construída em uma área de 4 mil m², com capacidade para atendimento de média e alta complexidade, com previsão de conclusão ainda este ano.

Fonte: Governo do Estado

car.jpg

 

As cidades de Carolina e Balsas, localizadas no Sul do Maranhão, vão receber um reforço importante na saúde pública. O Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e da Saúde (SES), está construindo um hospital em cada cidade.

Segundo o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, o objetivo é garantir mais qualidade no atendimento aos 24 municípios da região. “São ações como esta que estão garantindo a melhoria da qualidade na prestação dos serviços de saúde à população e na região Sul não é diferente, as novas estruturas irão garantir mais médicos, mais atendimentos e ajudarão as gestões municipais a cuidar da comunidade”, destacou Clayton Noleto.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, explica que o Governo trabalha na perspectiva de fortalecimento de uma rede de atendimento bem distribuída. “Temos redimensionado a rede a partir das demandas regionais, buscando uma distribuição mais adequada de nossas unidades de saúde. A região sul possuía um déficit histórico, que está sendo corrigido com o reforço que chega a partir de novos hospitais, o que representa mais assistência à população e à região”, comentou Lula.

Em Carolina, as obras iniciaram em março e a estimativa de entrega é para o primeiro semestre de 2018. O investimento do Tesouro Estadual é de R$ 7.929.266,35. Serão construídos diversos espaços como recepção, lavanderia, área de armazenagem, passeio, jardim, lanchonete e o projeto ainda prevê o espaço para uma possível ampliação.

De acordo com a secretária adjunta de Assistência em Saúde da SES, Teófila Monteiro, o hospital, além de internação, também será maternidade. “A regional nos solicitou e pensamos o hospital para atender ao perfil epidemiológico da região e para atender a outro grande gargalo da população daquela área, que é o fato de não ter uma maternidade”, afirmou.

Já em Balsas, o investimento de R$ 14.222.666,53 vai garantir uma estrutura com 50 leitos, dentre os quais 20 obstétricos, 13 de clínica médica, 13 de pediatria, quatro PPP (pré-parto, parto e puerpério), seis UCINCo (unidade semi-intensiva, destinada aos recém-nascidos com risco médio de complicações e que necessitam de assistência contínua) e quatro UCINCa (Unidade de Cuidados Intermediários Canguru). A unidade funcionará com leitos clínicos regulados, urgência obstétrica (risco habitual), Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, pediatria, clínica médica, anestesiologia, enfermagem, nutrição, fisioterapia, serviço social, assim como terapeuta ocupacional, psicólogo e fonoaudiólogo.

A estrutura é composta por auditório, cinco consultórios, entrada de emergência, obstetrícia, dois centros cirúrgicos, salas de pré-parto; parto; gesso; curativo; inalação; observação adulto e infantil, e de exames: como raio x, ultrassom, mamografia, tomografia computadorizada, coleta de sangue, laboratório e endoscopia.

O Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT) vai disponibilizar atendimento na área de análises clínicas, exames de radiologia, ultrassonografia 24 horas, mamografia, endoscopia, eletrocardiograma, tomografia, agência transfusional, além de cirurgião geral 24 horas por dia.

A unidade está sendo construída em uma área de 4 mil m², com capacidade para atendimento de média e alta complexidade, com previsão de conclusão ainda este ano.

Petrobras reajustou GLP industrial e comercial em 8% em média

Os preços de GLP destinado ao uso residencial, comercializado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg (conhecido como P13 ou gás de cozinha), não foram objeto deste reajuste.
images

A Petrobras anunciou reajuste dos preços de venda às distribuidoras do GLP destinado aos usos industrial e comercial, no porcentual médio de 8% com vigência a partir desta sexta-feira, 28

Em nota, o Sindigás (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo) chamou o aumento do preço de preocupante. “(O reajuste) afasta ainda mais o preço interno dos valores praticados no mercado internacional, impactando justamente setores que precisam reduzir custos”, diz em nota do sindicato.

Com a mudança de preços, o Sindigás calcula que o valor do produto destinado a embalagens maiores que 13 quilos ficará 46% acima da paridade de importação. O sindicato declarou ainda que, segundo informações que as distribuidoras receberam da Petrobras, o aumento de preço será entre 7,8% e 8,4%, dependendo do polo de suprimento.

A companhia petrolífera esclareceu que os preços de GLP destinado ao uso residencial, comercializado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg (conhecido como P13 ou gás de cozinha), não foram objeto deste reajuste.