Ausência de fogo no avião da Chapecoense aponta para falha envolvendo combustível

ACIDENTE AÉREO CHAPECOENSE

Autoridades da Colômbia afirmam que não há indícios de querosene no aparelho da Lamia

1480496620_673966_1480497178_noticia_normal_recorte1
POR ELPAIS

As duas caixas-pretas foram recuperadas “em perfeito estado”, o que permitirá conhecer os parâmetros de voo, os possíveis incidentes técnicos, as conversas entre os pilotos e a torre de controle e os diálogos dentro da cabine até o momento exato da queda.

 

 

 

827 mil pessoas vivem com HIV/Aids no Brasil; cerca de 112 mil delas não sabem

hiv-aids-interno.jpg

O Ministério da Saúde estima que 827 mil pessoas vivam com HIV/Aids no Brasil. Destas, cerca de 112 mil não sabem.
Do total estimado, 372 mil ainda não estão em tratamento e 260 mil já sabem que estão infectadas.
Dia Mundial de Luta contra a Aids será celebrado no dia 1° de dezembro.

Polícias Civil e Militar prendem em Xambioá suspeitos de furtarem delegacia de Polícia do Pará –

316019_300
Divulgação:SSP/TO

Uma ação conjunta da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Xambioá, e da Polícia Militar (PM), na manhã desta terça-feira, 29, resultou na prisão em flagrante de dois homens suspeitos de terem furtado uma delegacia de polícia civil localizada no município de São João do Araguaia (PA), no mesmo dia. De acordo com o delegado Wilson Júnior, titular da Delegacia de Polícia de Xambioá, o crime ocorreu na manhã desta terça-feira, no Pará. Os suspeitos, que no momento do flagrante não portavam documentos, se identificaram como Ralison César Iraldo Vieira e Wallison Sousa Paes, no entanto, após levantamentos da equipe da DPC de Xambioá, foi constatado, que na verdade, trata-se de Aelisson César Guiral Vieira ( de camisa pólo cinza) e Walison Sousa Paiva ( camisa listrada vermelha).  “Recebemos uma denúncia anônima que informava a presença de indivíduos suspeitos em uma vam que vinha do Pará e passava por Xambioá. Abordamos o veículo e encontramos armas de fogo e uma rádio HT. Depois identificamos que as armas foram furtadas da delegacia de Polícia de São João do Araguaia, no mesmo dia”, afirma o delegado. Eles foram levados à Delegacia de Polícia de Xambioá, e, posteriormente, após os procedimentos de praxe, serão encaminhados à Cadeia Pública local.

*ssp.to

Lei eleva rodeio e vaquejada à condição de patrimônio cultural do Brasil

O presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.364/2016, que eleva o rodeio e a vaquejada – e suas respectivas expressões artístico-culturais – à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

IMG_1543 (1).JPG

De acordo com o texto, consideram-se patrimônio cultural imaterial do Brasil o rodeio, a vaquejada e expressões decorrentes, como: “montarias; provas de laço; apartação; bulldog; provas de rédeas; provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning; paleteadas; e outras provas típicas, tais como Queima do Alho e concurso do berrante, bem como apresentações folclóricas e de músicas de raiz”. A nova lei está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 30.

Juiz e promotor que se acha “Deus” agora vai pro pau

Câmara muda pacote anticorrupção e aprova punição a juiz e MP

Emenda passou logo após a aprovação do texto-base do projeto de lei.
Inclusão do abuso de autoridade foi aprovada pela maior parte dos partidos.

des

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira (30) uma emenda ao pacote de medidas contra a corrupção que prevê as condutas pelas quais juízes e membros do Ministério Público poderão responder por abuso de autoridade.

A mudança foi feita logo após a aprovação do texto-base do projeto e acabou aprovada por 313 votos favoráveis e 132 contrários. Houve 5 abstenções. Os parlamentares ainda precisam analisar outras sugestões de alteração para concluir a votação do pacote.

Pela emenda, entre as condutas passíveis de punição está a de se manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre qualquer processo pendente de julgamento ou atuação do MP ou faça “ou juízo depreciativo” sobre despachos, votos, sentenças ou manifestações funcionais, “ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério”.

Outras situações que passariam a ser enquadradas como abuso de autoridade estão atuar com motivação político-partidária, ser negligente no cumprimento do cargo, proceder de modo incompatível com o decoro ou receber qualquer honorário ou custas processuais.

Também seria enquadrado o juiz que proferir julgamento, quando, por lei, estiver impedido ou suspeito na causa; exercer atividade empresarial ou participar de sociedade empresária, exceto como acionista. O juiz não poderia exercer qualquer outro cargo ou função, exceto dar aula.

Em relação aos membros do Ministério Público, estariam praticando abuso de autoridade quando emitissem parecer, quando, por lei, estivessem impedidos ou suspeitos na causa. Estariam ainda proibidos de exercer a advocacia ou qualquer outra função pública, menos dar aula.

Quadrilha rouba dinheiro de avião e três carros-fortes em Floriano-PI

Quadrilha chegou quando avião descarregava dinheiro nos carros-fortes.
Ação criminosa aconteceu nesta terça-feira (29), no Aeroporto de Floriano.

Quadrilha formada por pelo menos 15 homens roubaram três carros-fortes no Aeroporto de Floriano-PI nesta terça-feira (29). O bando usou quatro veículos para cometer o crime. A Polícia Militar informou que a quadrilha chegou ao local quando os malotes estavam sendo retirados de uma aeronave. Houve confronto com a PM e um policial levou um tiro.

whatsapp_image_2016-11-29_at_12-30-37
Divulgação/PM

A aeronave ainda estava no aeroporto no momento em que a quadrilha chegou. No entanto, não foram disparados tiros contra o avião. A polícia não soube informar de onde a aeronave vinha. O dinheiro que foi roubado abasteceria Floriano e as cidades circunvizinhas.

Na fuga, a quadrilha incendiou dois caminhões e seguiram em  sentido a cidade de Jerumenha. Policiais militares de  Eliseu Martins, Guadalupe, Oeiras e Barão de Grajaú (MA) estão em diligências na tentativa de capturar os elementos.

img-20161129-wa0010

IMG-20161129-WA1010.jpg

Aborto até 3º mês de gestação não é crime, decide 1ª Turma do STF

1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) abriu nesta terça-feira (29) uma nova jurisprudência e não viu crime na prática de aborto realizada durante o primeiro trimestre de gestação – independentemente do motivo que leve a mulher a interromper a gravidez.

images.jpg

decisão da 1ª Turma do STF valeu apenas para um caso, envolvendo funcionários e médicos de uma clínica de aborto em Duque de Caxias (RJ) que tiveram a prisão preventiva decretada. Mesmo assim, o entendimento da 1ª Turma pode embasar decisões feitas por juízes de outras instâncias em todo o país.