#Dilma demite o ministro da Educação

Renato Janine Ribeiro vai deixar a pasta que assumiu em abril

images (2)

Presidente Dilma Rousseff demitiu na tarde de hoje o titular da Educação, Renato Janine Ribeiro. Ele esteve em uma reunião reservada com ela no Palácio do Planalto que começou às 15h e durou menos de meia hora. De acordo com a assessoria do Ministério da Educação, a presidente “agradeceu e reconheceu o trabalho dele no MEC”.

Anúncios

#Carolina_MA: R$ 1.889.770,46 recebidos pela Prefeitura em setembro 2015

DEMONSTRATIVO DE DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO
30/09/2015 SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil 13:39:58
CAROLINA – MA
FPM – FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
10.09.2015 PARCELA DE IPI R$ 94.416,30 C
PARCELA DE IR R$ 301.208,07 C
RFB-PREV-PARC53 R$ 20.306,24 D
RETENCAO PASEP R$ 3.956,24 D
RFB-PREV-OB COR R$ 40.496,75 D
RFB-PREV-OB DEV R$ 3.211,39 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 79.124,87 D
TOTAL: R$ 248.528,88 C
18.09.2015 PARCELA DE IPI R$ 40.939,57 C
PARCELA DE IR R$ 105.491,58 C
RETENCAO PASEP R$ 1.464,30 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 29.286,22 D
TOTAL: R$ 115.680,63 C
30.09.2015 PARCELA DE IPI R$ 18.087,09 C
PARCELA DE IR R$ 322.419,65 C
RETENCAO PASEP R$ 3.405,06 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 68.101,34 D
TOTAL: R$ 269.000,34 C
TOTAIS PARCELA DE IPI R$ 153.442,96 C
PARCELA DE IR R$ 729.119,30 C
RFB-PREV-PARC53 R$ 20.306,24 D
RETENCAO PASEP R$ 8.825,60 D
RFB-PREV-OB COR R$ 40.496,75 D
RFB-PREV-OB DEV R$ 3.211,39 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 176.512,43 D
DEBITO FUNDO R$ 249.352,41 D
CREDITO FUNDO R$ 882.562,26 C
FEP – FUNDO ESPECIAL DO PETROLEO
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
24.09.2015 COTA-PARTE R$ 13.926,21 C
RETENCAO PASEP R$ 139,26 D
TOTAL: R$ 13.786,95 C
TOTAIS COTA-PARTE R$ 13.926,21 C
RETENCAO PASEP R$ 139,26 D
DEBITO FUNDO R$ 139,26 D
CREDITO FUNDO R$ 13.926,21 C
ICMS – DESONERACAO DAS EXPORTACOES LEI 87/96
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
30.09.2015 COTA MENSAL R$ 2.820,50 C
RETENCAO PASEP R$ 22,56 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 564,10 D
TOTAL: R$ 2.233,84 C
TOTAIS COTA MENSAL R$ 2.820,50 C
RETENCAO PASEP R$ 22,56 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 564,10 D
DEBITO FUNDO R$ 586,66 D
CREDITO FUNDO R$ 2.820,50 C
ITR – IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
10.09.2015 RETENCAO PASEP R$ 4,40 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 110,20 D
ITR-NAO CONVEN R$ 551,02 C
TOTAL: R$ 436,42 C
18.09.2015 RETENCAO PASEP R$ 3,04 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 76,22 D
ITR-NAO CONVEN R$ 381,12 C
TOTAL: R$ 301,86 C
30.09.2015 RETENCAO PASEP R$ 15,23 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 380,85 D
ITR-NAO CONVEN R$ 1.904,25 C
TOTAL: R$ 1.508,17 C
TOTAIS RETENCAO PASEP R$ 22,67 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 567,27 D
ITR-NAO CONVEN R$ 2.836,39 C
DEBITO FUNDO R$ 589,94 D
CREDITO FUNDO R$ 2.836,39 C
ICS – ICMS ESTADUAL
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
01.09.2015 COTA-PARTE R$ 14.469,83 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 2.893,96 D
TOTAL: R$ 11.575,87 C
04.09.2015 COTA-PARTE R$ 17.847,52 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 3.569,50 D
TOTAL: R$ 14.278,02 C
10.09.2015 COTA-PARTE R$ 1.527,69 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 305,53 D
TOTAL: R$ 1.222,16 C
14.09.2015 COTA-PARTE R$ 69.293,76 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 13.858,75 D
TOTAL: R$ 55.435,01 C
18.09.2015 COTA-PARTE R$ 22,63 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 4,52 D
TOTAL: R$ 18,11 C
21.09.2015 COTA-PARTE R$ 15.189,26 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 3.037,85 D
TOTAL: R$ 12.151,41 C
28.09.2015 COTA-PARTE R$ 334.077,26 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 66.815,45 D
TOTAL: R$ 267.261,81 C
TOTAIS COTA-PARTE R$ 452.427,95 C
DEDUCAO FUNDEB R$ 90.485,56 D
DEBITO FUNDO R$ 90.485,56 D
CREDITO FUNDO R$ 452.427,95 C
IPM – IPI EXPORTACAO – COTA MUNICIPIO
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
18.09.2015 IPM IPI-MUNIC R$ 662,42 C
TOTAIS IPM IPI-MUNIC R$ 662,42 C
DEBITO FUNDO R$ 0,00 D
CREDITO FUNDO R$ 662,42 C
FUNDEB – FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
01.09.2015 ORIGEM IPVA R$ 1.464,17 C
ORIGEM ITCMD R$ 107,64 C
ORIGEM ICMS EST R$ 5.558,92 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 1.822,00 C
TOTAL: R$ 8.952,73 C
04.09.2015 ORIGEM IPVA R$ 518,96 C
ORIGEM ITCMD R$ 193,86 C
ORIGEM ICMS EST R$ 7.060,68 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 2.247,31 C
TOTAL: R$ 10.020,81 C
09.09.2015 ORIGEM IPVA R$ 496,71 C
10.09.2015 ORIGEM ITR R$ 52,60 C
ORIGEM IPI-EXP R$ 971,52 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 192,36 C
ORIGEM FPE R$ 81.166,06 C
ORIGEM FPM R$ 48.823,62 C
TOTAL: R$ 131.206,16 C
14.09.2015 ORIGEM IPVA R$ 2.147,91 C
ORIGEM ITCMD R$ 115,11 C
ORIGEM ICMS EST R$ 26.271,17 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 8.725,27 C
TOTAL: R$ 37.259,46 C
18.09.2015 ORIGEM ITR R$ 31,90 C
ORIGEM IPI-EXP R$ 421,26 C
ORIGEM ICMS EST R$ 8,55 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 2,85 C
ORIGEM FPE R$ 30.041,72 C
ORIGEM FPM R$ 18.070,92 C
TOTAL: R$ 48.577,20 C
21.09.2015 ORIGEM IPVA R$ 1.722,78 C
ORIGEM ITCMD R$ 127,94 C
ORIGEM ICMS EST R$ 5.821,42 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 1.912,59 C
TOTAL: R$ 9.584,73 C
28.09.2015 ORIGEM IPVA R$ 1.350,55 C
ORIGEM ITCMD R$ 82,57 C
ORIGEM ICMS EST R$ 126.295,80 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 42.066,06 C
TOTAL: R$ 169.794,98 C
30.09.2015 ORIGEM ITR R$ 199,76 C
ORIGEM IPI-EXP R$ 186,11 C
ORIGEM FPE R$ 69.858,16 C
ORIGEM FPM R$ 42.021,61 C
ORIGEM LEI87/96 R$ 1.420,60 C
TOTAL: R$ 113.686,24 C
TOTAIS ORIGEM ITR R$ 284,26 C
ORIGEM IPVA R$ 7.701,08 C
ORIGEM ITCMD R$ 627,12 C
ORIGEM IPI-EXP R$ 1.578,89 C
ORIGEM ICMS EST R$ 171.016,54 C
ORIGEM ICMS-EST R$ 56.968,44 C
ORIGEM FPE R$ 181.065,94 C
ORIGEM FPM R$ 108.916,15 C
ORIGEM LEI87/96 R$ 1.420,60 C
DEBITO FUNDO R$ 0,00 D
CREDITO FUNDO R$ 529.579,02 C
SNA – SIMPLES NACIONAL
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
01.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 5,00 C
02.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 269,06 C
03.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 26,23 C
04.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 36,68 C
08.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 17,29 C
10.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 650,87 C
11.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 5,00 C
14.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 24,76 C
15.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 299,90 C
17.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 15,48 C
18.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 37,23 C
21.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 20,00 C
22.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 194,03 C
23.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 1.595,69 C
24.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 294,61 C
25.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 5,03 C
28.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 373,27 C
29.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 197,60 C
30.09.2015 SIMPLES NACION. R$ 887,98 C
TOTAIS SIMPLES NACION. R$ 4.955,71 C
DEBITO FUNDO R$ 0,00 D
CREDITO FUNDO R$ 4.955,71 C
TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO
DEBITO BENEF. R$ 341.153,83 D
CREDITO BENEF. R$ 1.889.770,46 C
SISBB - Sistema de Informações Banco do Brasil
SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil

sad

#Investigadores da Lava Jato analisam uma troca de e-mail que cita Lula

Em um dos e-mails, o então presidente da Odebrecht autoriza uma mudança na agenda para estar com o ex-presidente Lula e o presidente da Namíbia.

Marcelo Rocha Curitiba, PR

JORNAL DA GLOGO

Investigadores da Operação Lava Jato analisaram uma troca de e-mails entre executivos daOdebrecht. As mensagens envolvem Marcelo Odebrecht e o ex-presidente Lula.

Um dos e-mails é de fevereiro de 2009. Nele, o presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht, que está preso desde junho em Curitiba, autoriza uma mudança na própria agenda para participar de um jantar com o presidente da Namíbia. Na época, a Odebrecht participava de uma licitação no país africano. O encontro foi um convite do então presidente Lula.

“Pode confirmar. Mesmo porque vou tentar estar com a Dilma. Entendo que pode ser uma boa oportunidade em função da nossa hidrelétrica. Seria importante eu enviar uma nota antes via Alexandrino com eventualmente algum pedido que Lula deve fazer por nós”, diz o e-mail.

EMAIL1

Alexandrino de Alencar é ex-executivo da Odebrecht e está preso em Curitiba. Ele chegou a viajar várias vezes com Lula, quando ele já não tinha deixado o cargo de presidente da República, para países da África e da América Latina, onde a Odebrecht tem negócios financiados com dinheiro do BNDES.

As viagens foram bancadas pela empreiteira. A Procuradoria da República do Distrito Federalinvestiga se houve tráfico de influência internacional de Lula em favor da Odebrecht entre 2011 e 2014, quando ele não era mais presidente.

A polícia também encontrou uma troca de e-mails de um outro executivo da empreiteira com o então ministro do Desenvolvimento Miguel Jorge.

LULA2
Reprodução: G1/Jornal da Globo

“Miguel, se você estiver hoje com os presidentes Lula e o da Namíbia, é importante que esteja informado sobre esta negociação e, se houver oportunidade manifestar a sua confiança na capacidade desta multinacional brasileira chamada Odebrecht”, diz outro e-mail.

A resposta do ex-ministro veio no mesmo dia: “Estive e o PR fez o lobby. Aliás, o PR da Namíbia é quem começou, disse que será licitação, mas que torce muito para que os brasileiros ganhem, o que é meio caminho andado”. Para os investigadores, a sigla PR seria uma provável referência ao ex-presidente Lula.

Reprodução: G1/Jornal da Globo
Reprodução: G1/Jornal da Globo

A assessoria da Odebrecht e a defesa de alexandrino de Alencar afirmaram que os e-mails divulgados registram uma atuação institucional, legítima da empresa.

A assessoria também declarou que os e-mails foram interpretados de forma equivocada e que o projeto na Namíbia não foi realizado.

O Instituto Lula afirmou que o ex-presidente tem orgulho de ter atuado fortemente em seu governo para ampliar o espaço das empresas brasileiras nos mercados internacionais, sem ter jamais recebido nenhum favor ou pagamento por isso. O instituto também declarou que Lula chefiou diversas missões empresariais, tudo dentro da lei e a favor do Brasil.

O ex-ministro Miguel Jorge confirmou que houve o encontro com o presidente da Namíbia num almoço oficial no Itamaraty. Ele disse que é obrigação do ministro e do presidente da República fazer lobby, de forma positiva, para vender produtos brasileiros no exterior.

#CAROLINA_MA: UBIRATAN JUCÁ(PMDB) TORRA R$ 358.861,00 EM DETERGENTE,BOTINA… PARA HOSPITAL, MAS NÃO TEM ANTIBIÓTICO

Reprodução: facebook
Reprodução: facebook

hospital

hmc2 HMC

 O QUE PODEMOS FALAR DESTA FALTA DE GERÊNCIA?

 É MUITA LAVAGEM NO (DES) GOVERNO DE UBIRATAN JUCÁ(PMDB)