# PRESA HOJE(31)EX PREFEITA DE DOM PEDRO-MA

download (2)A ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, foi presa hoje.

A Polícia Civil prendeu na manhã de hoje (31/3) a ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, por “suspeita” de envolvimento com agiotagem.

O mandado de prisão foi cumprido no início da manhã desta terça-feira.

Além deste, os policias cumprem outros 37 mandados de prisão e de busca e apreensão em todo o estado do Maranhão.

A operação é desdobramento do “Caso Décio Sá” e investiga o envolvimento de prefeitos e outros agentes públicos com agiotagem em todo o Maranhão.

A ex-prefeita foi presa para prestar esclarecimento sobre as acusações que recai sobre ela.

Informações dão conta de que a ex-prefeita Arlene Costa não sabia que tinha mandado de prisão expedido contra ela. O advogado informou que ainda não tem conhecimento sobre o teor do mandado da prisão.

Lista dos Alvos da Operação

Veja abaixo a lista dos alvos da operação da Polícia Civil que culminou com a prisão, hoje (31/3), da ex-prefeita Arlene Barros, de Dom Pedro-Ma.

Além dela, a Justiça autorizou a prisão do seu filho, o empresário Eduardo DP.

Foram autorizadas, ainda, as conduções coercitivas de:

Romulo Cesar Barros Costa

Alfredo Falcão Costa Júnior

Rodrigo Barros Amancio

Rodrigo Gomes Casanova Junior

Joel Cavalcante Neto

Fabio Silva Froz

Laynna Barbosa Mesquita

Jean Pereira dos Santos e

Leonardo Alves dos Santos.

E a busca e apreensão e o bloqueio de bens de:

Eduardo DP, Arlene Barros

Romulo Cesar Barros Costa

Alfredo Falcão Costa Júnior

Rodrigo Barros Amancio

Rodrigo Gomes Casanova Junior

Joel Cavalcante Neto

Fabio Silva Froz

Laynna Barbosa Mesquita

Jean Pereira dos Santos

Leonardo Alves dos Santo

Alfredo Falcão Costa

Eridan Pinheiro

Cinthya Carneiro

Adilton Costa

Natalina Ferreira

Roberto Cantanhede

Wesley Ferreira

Francisco Robert Soares.

Além das empresas Turmalina Empreendimentos, Construtora Imperial, Imperador Empreendimentos, DP Locação, Tocantins Empreendimentos, Construimper, Tracon Construções, Hiper Sondagens, R. B. Amancio, Construservice, Rio Anil Locação, Pactor Construções, FBA Construções, Esmeralda Locações, HidroSolo Construção, Romulo C B Costa, Debora de O. Amaral, Comercial Number One e GAP Construtora.

Agora a pouco o delegado Geral, Augusto  Barros, informou ao titular do Blog Zaidan de Sousa que por toda a tarde de hoje dará o resultado da operação que está sendo realizada em São Luís e diversas outras cidades.

Abaixo, os nomes dos 40 prefeitos e ex-prefeitos maranhenses que foram investigados e podem ter expedidos em seu desfavor um mandado de prisão preventiva a qualquer momento – com exceção de Castelo, que agora eleito para a Câmara dos Deputados só pode ser preso após o processo ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF):

1 – Sebastião Lopes Monteiro (Apicum­-Açu)
2­ – Leão Santos Neto (Arari)
3 – Raimundo Nonato Lisboa (Bacabal)
4 – José Farias de Castro­ (Brejo)
5 ­– Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)
6 – José Haroldo Fonseca Carvalho­ (Cândido Mendes)
7 – José Martinho dos Santos Barros­ (Cantanhede)
8 – Soliney de Sousa e Silva ­(Coelho Neto)
9 – José ­Francisco Pestana (Cururupu)
10 – Maria Arlene Barros Costa­ (Dom Pedro)
11 – ­Raimundo Almeida (Lago Verde)
12 – Jorge Eduardo Gonçalves de Melo­ (Lagoa Grande)
13 ­–João Cândido Carvalho Neto (Magalhães de Almeida)
14 ­– Manoel Edvan Oliveira da Costa (Marajá do Sena)
15 ­– Joacy de Andrade Barros (Mirador)
16 – José Lourenço Bonfim Júnior­ (Miranda do Norte)
17 –­ Ivaldo Almeida Ferreira (Mirinzal)
18 – Iara Quaresma do Vale Rodrigues (Nina Rodrigues)
19 –­ Glorismar Rosa Venancio (Paço do Lumiar)
20– Enoque Ferreira Mota Neto (Pastos Bons)
21 – Tancledo Lima Araújo (Paulo Ramos)
22 –­ Maria José Gama Alhadef (Penalva)
23 –­ Henrique Caldeira Salgado (Pindaré Mirim)
24 ­– José Arlindo Silva Sousa (Pinheiro)
25 – Marconi Bimba Carvalho de Aquino (Rosário)
26 ­– Márcio Leandro Antezana Rodrigues (Santa Luzia)
27 – José Nilton Marreiros Ferraz (Santa Luzia do Paruá)
28 – Sebastião Fernandes Barros (São Domingos do Azeitão)
39 – Kleber Alves de Andrade (São Domingos do Maranhão)
30 – Alexandre Araújo dos Santos­ (São Francisco do Brejão)
31 – Luiza Moura ­da Silva Rocha (São João do Sóter)
32 – João Castelo Ribeiro Gonçalves (São Luís)
33 –­ Leocádio Olímpio Rodrigues (Serrano do Maranhão)
34 –­ Juvenal Leita de Oliveira (Sucupira do Riachão)
35 ­– Maria do Socorro Almeida Waquim (Timon)
36 –­ Domingos Sávio Fonseca Silva (Turilândia)
37 – Raimundo Nonato Abraão Baquil­ (Tutoia)
38 – Abnadab Silveira Léda­ (Urbano Santos)
39 –­ Miguel Rodrigues Fernandes (Vargem Grande)
40 –­ Raimundo Nonato Sampaio (Zé Doca)

#CAROLINA.MA: OMISSÃO E NEGLIGÊNCIA NO HOSPITAL

E mesmo com todo esse caos no HMC_Hospital Municipal de Carolina, há uma insistência do Prefeito Ubiratan Jucá (PMDB) em construir postos de saúdes e de mais um Hospital.

Não conseguem manter o Hospital Municipal…

 Sem medicamentos, sem médicos, sem dignidade e respeito aos cidadãos Carolinenses.

Brincam com a vida humana em nome da Usura.

Para comprovar, mais uma vez o que relatamos, divulgamos a publicação feita na tarde de hoje(30) de um jovem negligenciado pela incompetência do governo de Ubiratan Jucá (PMDB) em um (des)governo divulgado que é para todos.

2015-03-30-22-43-51-1
Fotos Internet

# MARANHÃO: DEMISSÕES NÃO ESCOLHE A ESCOLHA

Alumar anuncia 650 demissões em São Luís

logo_alumar

O Consórcio de Alumínios do Maranhão (Alumar/Alcoa) anunciou nesta segunda-feira, 30, o desligamento temporário da Linha 1 da Sala de Cubas em São Luís, eliminando a produção de alumínio primário, alegando falta de competitividade, com a conseqüente demissão de 650 trabalhadores do quadro. Com a decisão, a empresa passa a ampliar a produção de alumina na Refinaria e a operação portuária.

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Luís (Sindmetal), José Maria Araújo, a notícia é péssima, com muitos efeitos negativos e afeta trabalhadores diretos e indiretos, além de outras empresas que dependem do produto, refletindo como efeito dominó na cadeia produtiva. “A Alumar a cada dia causa mais decepção aos trabalhadores, indo contra tudo o que afirma”, avalia.

Segundo ele, a empresa divulga os melhores resultados, premiações e pesquisas, como o lucro líquido de U$ 432 milhões de dólares no último trimestre de 2014, que dependem a participação do trabalhador.

Segundo Araújo, a prioridade nesse momento é lutar pela garantia de emprego, melhores salários e benefícios até mesmo para aqueles que vierem a ser demitidos, retroativos à data-base (1° de março). Uma reunião está agendada para a próxima quarta-feira, 1º, entre Sindmetal e representantes da empresa, para discutir o assunto.

2014 – No ano passado, nesta mesma época (28 de março), a Alumar anunciou a demissão de 500 trabalhadores, alegando altos custos no preço da energia e outros gastos. Com a atuação do sindicato frente ao Ministério Público do Trabalho e à Justiça do Trabalho, as demissões foram reduzidas para 333 empregados, com garantia de salário extra ao pago na rescisão e prioridade em caso de reabertura da linha de produção.

Por Luis Cardoso

POLÍCIA: TRAFICANTE PRESO É RESGATADO DA DELEGACIA DE CAROLINA

FB_IMG_1427063782902Por cidadeemação.com

Preso no dia 22(domingo) por se encontrar foragido do Sistema Prisional de Imperatriz, Renilson Santos da Costa, 37 anos, foi resgatado por comparsas da Delegacia de Polícia Civil de Carolina na tarde deste domingo (29).

Conhecido como Maranhão, Renilson Santos foi resgatado após o carcereiro da DP|Carolina ter sido rendido. A polícia ainda não informou o número de envolvidos no resgate de Maranhão nem se há pistas da rota da fuga.

DESCASO – Do conhecimento de todos somente o descaso do Governo do Estado com as condições de infraestrutura da Delegacia de Polícia de Carolina, além de manter poucos profissionais qualificados para auxiliar o trabalho do delegado Fabian Kleine – que apesar de pouco tempo de atuação em Carolina, tem se esforçado sobremaneira na tentativa de oferecer segurança aos carolinenses.

Recentemente, o delegado foi obrigado a pedir servidores municipais – sem qualificação para o serviço policial – ao prefeito de Carolina. Ainda não se tem informação de que seu requerimento tenha sido atendido.
2d6c15d654bd7f03d72e8900a9ebd07f_L

#Carolina.Ma: Católicos iniciam com Procisão de Ramos a Semana Santa

20150329_082507

Católicos iniciam neste domingo com a procissão e Missa de Domingo de Ramos, procissão dos Ramos, lembra a triunfal entrada de Jesus em Jerusalém antes de ser preso. A Semana Santa é o grande momento litúrgico do ano, quando celebra_se o mistério central de nossa fé: a Ressurreição de Jesus.

“A celebração do Domingo de Ramos lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, aonde vai para completar sua missão, que culminará com a morte na cruz. Os evangelhos relatam que muitas pessoas homenagearam a Jesus, estendendo mantos pelo chão e aclamando-O com ramos de árvores. Por isso, hoje os fiéis carregam ramos, recordando o acontecimento. Imitando o gesto do povo em Jerusalém, querem exprimir que Jesus é o único mestre e Senhor”

20150329_082353

Empresas aéreas falam de cenário de crise e ajustes

260315debate1493
Aviação em Debate, promovido pela Abear no dia de hoje, foram substituídos pelos executivos que respondem pelas relações institucionais das aéreas. “Estes são os executivos das empresas aéreas que formam o Comitê de Relações Institucionais da Abear, debatendo as pautas da agenda executiva e legislativa da aviação civil”, esclareceu o presidente da associação, Eduardo Sanovicz, no início do painel que encerrou o seminário da Abear.

Realizado logo após a apresentação do jornalista Carlos Monforte, especialista em política da Globonews, que traçou cenário econômico e político bastante pessimista no curto e médio prazos, o painel parece ter sido contaminado pelas palavras do jornalista. Os representantes das quatro aéreas falaram de cenários de crise. “O cenário é de custos pressionados pela alta do dólar, entre outros fatores, e incerteza na demanda. A crise vai passar, mas a questão é saber quando ela passará”, disse o vice-presidente da Avianca, Tarcísio Gargioni. “Tentamos olhar para o programa de aviação regional e acreditamos que a concessão dos aeroportos são boas notícias nesse momento de crise”, disse a representante da Azul, Patrizia Xavier.

Menos desanimador, o vice-presidente da Gol, Alberto Fajerman, classificou 2015 como um ano de ajustes. “Mas acredito que não devemos ser muito pessimistas, porque no final do ano ou no início de 2016 reencontraremos o caminho do crescimento”, aposta, lembrando que uma possível redução do combustível de aviação, que poderia ter sido esperada após a queda no preço do petróleo, no final do ano passado, foi perdida com a alta recente da moeda norte-americana.

Pela Tam, Basílio Dias comemorou o aumento do load-factor da empresa em fevereiro, tanto nas rotas domésticas quanto internacionais, mas alertou para a manutenção da rentabilidade. “Tivemos esse aumento da ocupação, sem que isso se revertesse a crescimento da rentabilidade”, disse. “Mas quero transmitir as palavras da presidente da companhia, Claudia Sender, que acredita que a crise vai passar e por isso a Tam e o Grupo Latam continuam investindo, tanto na renovação da frota quanto em tecnologia”, afirmou.

#Pacientes sofrem com falta de remédio para pressão e diabetes em postos de saúde de Carolina

2

A saúde será prestada a qualquer pessoa, independentemente de contribuição, por toda rede pública. Trata-se de setor autônomo da seguridade social, com organização própria e diferenciada. Esta é garantida através de políticas públicas do Estado, que visará a redução das doenças e os seus agravos na população. O Sistema Único de Saúde – SUS –, regido pela Lei nº 8.080/90, que dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências, foi criado com o objetivo de assegurar a universalização do acesso à saúde. O art. 196 da Constituição da República reza que “a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”.

Deveria ser, mas não é o que ocorre em Carolina.
A dificuldade em atendimentos especializados, de atendimentos laboratoriais e a falta de medicamentos nos postos de saúde tem sido recorrentes no governo de Ubiratan Jucá(PMDB).
Desde o começo do ano, pacientes que retiram remédios em unidades básicas de saúde em Carolina-Ma enfrentam problemas com a falta de medicamentos, principalmente os de uso contínuo para tratar doenças como diabetes e pressão alta.

Não temos informações a cerca da resolução do problema, diante da inércia da assessoria de comunicação do Município, carolinenses recebem apenas a informação de que não há o medicamento e saem sem saberem quando terão acesso ao medicamento

Com a falta de medicamentos neste ano em Unidades Básicas de Saúde em Carolina-Ma, a dona de casa Raimunda, a qual nos relatou o fato e mostrou sua carteira e o cupom fiscal de sua compra, afirmou que, há 2 meses, não consegue pegar os remédios de que precisa para tratar da diabetes e da pressão alta. “Não posso ficar sem. Então, quando não tem, eu faço mais um sacrifício e compro”, disse.

Segundo o aposentado Mario Ferreira, sua situação é semelhante. “Dos 2 remédios que eu precisava, para pressão e coração, estão em falta. Já passei 3 meses sem pegar remédio, porque não tinha na rede municipal”, disse.