# DataM: Flávio Dino sobe para 60% e abre 40 pontos sobre Edinho Lobão

images

A nova pesquisa DataM, publicada neste domingo (27) pelo jornal Atos e Fatos, mostra que o candidato Flávio Dino ampliou a vantagem sobre o segundo colocado e agora está 40 pontos na frente. Falta apenas uma semana para o dia da eleição, e o resultado daria hoje a vitória a Flávio Dino no primeiro turno.

De acordo com o levantamento, Flávio Dino subiu de 56,3% para 59,9%. O segundo colocado, Edinho Lobão, caiu de 27,5% para 19,9%.

Antonio Pedrosa (PSOL) tem 0,7%; Josivaldo (PCB) e Zeluis Lago (PPL) têm 0,6% cada; e Saulo Arcangeli (PSTU) tem 0,5%. Brancos e nulos somam 7,2%; e 10,7% não sabem ou não responderam.

Em votos válidos – que excluem brancos e nulos e são os considerados o resultado final –, Flávio Dino tem 72,2%.

A pesquisa DataM foi feita entre os dias 23 e 27 de setembro por encomenda do jornal Atos&Fatos e ouviu 1.500 eleitores em 50 municípios maranhenses. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 0057/2014.

Leia Mais: Blog doJohn Cutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim/2014/09/28/datam-flavio-dino-sobe-para-60-e-abre-40-pontos-sobre-edinho-lobao/

#TRE/MA confirma que coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′ pode ‘cair’ no TSE

Membro da Comissão de Juízes Auxiliares indeferiu duas representações que acusam as postagens feitas pelo ATUAL7 de ‘fato sabiamente inverídico’

É cada vez mais desesperadora a situação de todos os candidatos ao cargo de deputado estadual pela coligação lobina ‘Pra Frente Maranhão 2′.

Na última quinta-feira (25), o juiz federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da Comissão de Juízes Auxiliares (CJA) do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, julgou improcedentes duas representações movidas contra o ATUAL7 pelos advogados da chapa, pela imediata suspensão das postagens ‘Erro de Remi Ribeiro tira toda a coligação ‘Pra Frente Maranhão’‘ e ‘Vídeo: Ministra do TSE confirma que coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′ pode ‘cair’‘.

Leia também:
Polícia Federal entra no caso das candidatas-laranjas da coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′

O juiz federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira (centro), que indeferiu pelo da coligação 'Pra Frente Maranhão 2', em momento de posse no TRE/MA. Foto: Divulgação

Pressionados pelos filhotes e raposas da política maranhense que disputam estas eleições pela ‘Pra Frente Maranhão 2′, os advogados Daniel de Faria Jerônimo Leite e Ruy Eduardo Villas Boas Santos – aquele que a mãe recebe dinheiro do Senado Federal pelo aluguel de uma casa para o gabinete do senador Edison Lobão Filho, o Edinho (PMDB) – acusaram as postagens de serem ‘fato sabiamente inverídico para criar estados mentais no eleitorado’.

Ao julgar o pedido de tutela liminar, o representante do TRE/MA informou que a revelação feita pelo ATUAL7 sobre a irregularidade na formação da coligação ‘não pode ser tomado como hipótese de inverdade flagrante’, já que os advogados da ‘Pra Frente Maranhão 2′ não provaram que a notícia que tem causado desesperado nos candidatos se trata de ‘fato sabiamente inverídico’. No relatório, Ricardo Macieira diz ainda que a chapa não apresentou provas de que os registros das três candidatas-laranja ‘não tenham sido objeto de recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou, tendo sido, não haja prosperado esse recurso’.

‘Nessas circunstâncias, não demonstrada de plano a flagrante inverdade do fato relatado na notícia, como pretende fazer crer a representante, não é possível a suspensão da postagem’, diz o juiz federal em trecho da decisão – até que seja julgada contrária, a revelação feita pelo ATUAL7 segue como verídica.

Abaixo, trechos de uma das decisões do juiz federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira contra a tentativa da coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′ de retirar as postagens do ar:

Coligação 'Pra Frente Maranhão 2' não provou no TRE/MA que postagens sobre irregularidade na chapa e risco de 'queda' no TSE são inverídicas. Foto: ATUAL7

# Farra do boi em Carolina: Prefeito e seu candidato desrespeitam a Lei Eleitoral

20140927_113947

 Praça Pública em Frente a Prefeitura

É tempo de eleição. O que significa que além de ocuparem espaços na tevê e no rádio para chamar sua atenção, centenas de candidatos vão fazer o possível para conquistar o seu voto pintando muros, distribuindo panfletos e espalhando cavaletes pela cidade. Felizmente, nem tudo é permitido pela Legislação Eleitoral.

O que vemos em Carolina-Ma, são duas situações:

Justiça Eleitoral Inerte e candidatos espertalhões quebrando a Lei Eleitoral e desrespeitando os cidadãos.

Prefeito de Carolina-Ma  Ubiratan Jucá(PMDB)responsável pela campanha de Antonio Pereira, Deputado que concorre pela quarta vez e não aprendeu a respeitar as Leis, colocam placas e cartazes em locais que são proibidos.

# São proibidos nos locais relacionados aos poderes públicos e em locais de uso comum, como postes de iluminação pública e sinaleiras, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus, árvores e nos jardins localizados em áreas públicas, bem como em muros, cercas e tapumes. A proibição também vale para qualquer outro tipo de propaganda. Os bens de uso comum, para fins eleitorais, são aqueles a que a população em geral tem acesso, tais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios, estádios, mesmo que de propriedade privada.

As praças publicas estão no dia de hoje repletas de cartazes e de faixas dos candidatos do Prefeito de Carolina.20140927_113930

20140927_113636 20140927_112941

Monumentos da cidade e os canteiros das Br’s em frente ao quartel  da PM

20140927_112803 20140927_113408

No Maranhão o telefone é 0800 985 000

A Justiça Eleitoral conta com a participação dos eleitores no combate às irregularidades cometidas por candidatos durante a campanha. Os Tribunais Regionais de cada estado têm canais de comunicação para receber denúncias de propaganda irregular ou qualquer outro crime eleitoral como compra de votos, propaganda em outdoor, realização de showmícios, entre outros.

Os eleitores podem denunciar pelo telefone ou pela internet na página de cada Tribunal Regional. Na internet, basta clicar em Denúncia online e preencher um formulário com as informações. O endereço do TRE-MA é www.tre-ma.gov.br

O objetivo dos tribunais é o de coibir práticas irregulares.  No caso da propaganda, o formulário deve ser preenchido com a indicação do local, conteúdo e os nomes dos candidatos ou partidos políticos. A pessoa que denuncia deve se identificar, mas seus dados serão protegidos pela Justiça Eleitoral e não constarão no processo de apuração do ocorrido.

Quando a denúncia é feita, o sistema encaminha as informações, automaticamente, ao Juízo Eleitoral do município em que foi realizada a propaganda, de acordo com as informações prestadas pelo denunciante. Além disso, quem fez a denúncia pode acompanhar o andamento da investigação informando o número da ocorrência.

#Resultado da 8ª Pesquisa Exata/Fiema/TVGuará para governador

Resultado da 8ª Pesquisa Exata/Fiema/TVGuará para governador

Faltam apenas nove dias para o primeiro turno das Eleições 2014. Em continuidade ao monitoramento semanal do eleitorado maranhense, a TV Guará, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão – FIEMA, divulga nova pesquisa de intenção de voto.Realizada pelo Instituto Exata, a sondagem ouviu 1.400 pessoas entre os dias 22 e 25 de setembro nas seis regiões do estado, inclusive a Ilha de São Luís. A margem de erro das sondagens é de 3,2 pontos percentuais, para mais ou menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que significa que de 100 levantamentos com a mesma metodologia, em apenas cinco deles os resultados ficariam fora da margem de erro. A pesquisa consultou o eleitorado maranhense sobre a escolha de presidente da República, governador do Estado e senadores. A consulta sobre presidente está registrada com o protocolo BR-00791/2014 no Tribunal Superior Eleitoral; e a consulta para governador, com o protocolo MA-00054/2014,no Tribunal Regional Eleitoral.  A Pesquisa Exata/TV Guará – Fiema traz consultas distintas para governador do Estado: pesquisa estimulada, espontânea,um cenário de segundo turno e rejeição.

GOVERNADOR

A vantagem de Flávio Dino (PCdoB)sobre o segundo colocado Lobão Filho (PMDB) aumentou em todas as sondagens.

Na pesquisa estimulada, o Instituto Exata agora aponta vitória do candidato do PCdoB logo no primeiro turno. Flávio Dino tinha 56% no dia 6 de setembro;manteve os 56% no dia 14; depois cresceu para 58% no dia 20. Agora tem 60%.Lobão Filho tinha 27% no dia 6, subiu para 28% no dia 14;depois para 29%, no dia 20; e agora caiu para 24%. Do início de setembro para cá, a distância entre os dois candidatos cresceu de 29 pontos percentuais para 36.

Se levarmos em consideração a margem de erro da pesquisa, Flávio Dino tem no máximo 63,2%; e no mínimo,56,8%. Lobão Filho teria no máximo 27,2%; e no mínimo, 20,8%.
O percentual de eleitores que não sabem em quem votar ou não responderam à consulta era de 6% no dia 6 de setembro, permaneceu em 6% no dia 14; caiu para 5% no dia 20 e se manteve agora nos 5%.

Na pesquisa espontânea, Flávio Dino tinha 41% no dia 6 de setembro. Foi para 42% no dia 14; depois para 44%,no dia 20. Agora está com 46%. Lobão Filho tinha 19%, no dia 6; manteve os 19%,no dia 14; depois subiu para 21%, no dia 20. Agora caiu para 17%.

Em um possível segundo turno, e se ele fosse hoje, Flávio Dino venceria com 64% contra 25% de Lobão Filho. No dia 6 Flávio Dino tinha 59% contra 31% de Lobão Filho; no dia 14 os percentuais foram os mesmos; e no dia 20, Dino tinha 61% contra 31% de Lobão.

.

É dever cívico lembrar que Sarney e amigos mantiveram o MA na pobreza

montagem-jose-roseana-sarney-lobao-filho-size-598

Blog Sakamoto

Nós, de São Paulo e do Rio de Janeiro, com nossos Felicianos e Bolsonaros, apenas para citar o que dói mais, não temos moral alguma para falar de candidatos de outras unidades da federação.

Mas creio que é dever cívico lembrar a todos e a todas que a holding Sarney está disputando novamente o governo do Maranhão.

E já que o IBGE foi jogado para o centro da campanha eleitoral com a papagaiada sobre a divulgação dos índices de desigualdade social, gostaria de compartilhar com vocês alguns dados desse estado gerados pelo instituto.

O Maranhão apresenta a menor expectativa de vida na média de homens e mulheres (68,6 anos). São oito anos a menos que Santa Catarina (76,8), que ocupa o primeiro lugar, e cinco abaixo da média nacional (73,76).

Possui a segunda pior taxa de mortalidade infantil do país, apenas atrás de Alagoas (terra de Collor), com 29 crianças com menos de um ano mortas para cada mil nascidas vivas. A média nacional é de 16,7 para 1000. A menor taxa está, novamente, em Santa Catarina (9,2/1000).

As três piores cidades em renda per capita pertencem ao Maranhão, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) – Marajá do Sena (R$ 96,25), Fernando Falcão (R$ 106,99) e Belágua (R$ 107,14). Na média dos municípios, o Estado possui o segundo pior IDHM do país, perdendo apenas para Alagoas.

Sem desmerecer todas as denúncias de corrupção, nepotismo, desvio de verbas públicas, entre outras, que recaem contra o ex-presidente da República e do Senado, a miséria em que se encontra boa parte do povo maranhense já era motivo suficiente para qualquer cidadão exigir não apenas a sua já anunciada aposentadoria, mas também a aposentadoria de sua influência.

O Maranhão, sob o domínio dos Sarney e amigos por décadas, não só permaneceu nas piores posições nos indicadores sociais, mas também viu suas terras serem desmatadas e poluídas, latifúndios crescerem, trabalhadores serem escravizados e assassinados, comunidades tradicionais serem ameaçadas e expulsas, a educação ser sucateada, os meios de comunicação ficarem concentrados nas mãos de poucos políticos.

Isso é assustador, considerando que o Maranhão é um dos Estados mais ricos da federação. Possui jazidas minerais e gás natural. Água doce em abundância. Partes de seu território estão na Amazônia e no Cerrado. Tem localização privilegiada, com um porto mais próximo dos Estados Unidos e da União Europeia do que os do Sul e Sudeste.

A culpa é do povo que os elege, bradarão alguns.

Como já disse aqui antes, não é tão simples – Sarney teve que fugir e virar senador pelo Amapá para não ficar fora do jogo político em um determinado momento. E sua filha, Roseana, já perdeu uma eleição para o governo.

O Maranhão possui importantes movimentos sociais e uma sociedade civil atuante. O problema é o desalento de boa parte da população mais pobre, que já não acredita que a política possa fazer diferença em sua vida.

Mas, acreditem, ela faz.

#Edinho Lobão usa ônibus escolar em campanha

edinho-bus

BRASÍLIA – A campanha do candidato da família Sarney ao governo do Maranhão, senador Edison Lobão Filho (PMDB), tem usado ônibus escolares com a identificação do programa Caminho da Escola, do governo federal, para espalhar propaganda eleitoral pela capital do Estado, São Luís.

O Estado teve acesso a um vídeo que flagrou o uso de um desses veículos pela campanha. A gravação mostra o ônibus sendo abastecido com cartazes de Lobão Filho no pátio de seu comitê eleitoral situado na Avenida São Luís Rei de França, uma das mais movimentadas da capital maranhense, no bairro de Turu. O veículo que aparece no vídeo não tem placa, mas sua lataria está caracterizada como a dos veículos do programa federal. O caso desencadeou uma investigação do Ministério da Educação sobre seu suposto uso eleitoral.

A governadora Roseana Sarney (PMDB), que lançou Lobão Filho como candidato à sua sucessão, já fez ao menos dois eventos públicos neste ano para divulgar sua parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação responsável pelo Caminho da Escola.

Em maio, no Palácio Henrique La Rocque, sede da Casa Civil maranhense, ela anunciou a entrega de 75 ônibus para diversas prefeituras. Depois, em agosto, no Palácio dos Leões, sede do governo, anunciou a entrega de mais de 60 ônibus.
“O investimento é da ordem de R$ 29.861.280,00, recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação”, divulgou o site do governo do Maranhão na notícia sobre a cerimônia de agosto. O FNDE, questionado pela reportagem, afirmou que, em 2014, fez um investimento de R$ 44,6 milhões para enviar 203 ônibus do programa Caminho da Escola para o Maranhão.

Sem placa. Entre uma entrega e outra, o acúmulo de ônibus escolares sem placa no pátio da Secretaria Estadual de Educação foi tema de embate entre apoiadores e opositores de Roseana. A informação de que havia uma frota com mais de 70 ônibus escolares parados ganhou repercussão depois que oito estudantes morreram num acidente de trânsito no interior do Estado. O acidente aconteceu no fim de abril no município de Bacuri, a cerca de 550 km de São Luís. Um veículo modelo picape que transportava 30 estudantes, de acordo com a Prefeitura de Bacuri, chocou-se com um caminhão.

A oposição levou o caso para a Assembleia Legislativa e acusou a gestão de Roseana Sarney de represar ônibus enquanto estudantes não tinham transporte adequado. Em 15 de maio, o deputado estadual governista Roberto Costa (PMDB) saiu em defesa da governadora e reconheceu que havia ônibus sem placa estacionados no pátio da secretaria. “Os ônibus que estão hoje no pátio da Secretaria de Educação precisam passar por um processo de regularização, necessitam passar por uma vistoria”, disse.

Após essa discussão, uma comitiva de deputados estaduais foi inspecionar o pátio da secretaria e constatou que, realmente, os ônibus sem placa estavam ali armazenados. O governo do Estado do Maranhão informa que os ônibus já foram entregues.

De acordo com o FNDE, o programa Caminho da Escola tem por objetivo “renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar”. Estados e municípios podem comprar os ônibus do programa com recursos próprios, em parceria com o FNDE ou por meio de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Veja o vídeo no link:

http://tv.estadao.com.br/videos,ONIBUS-ESCOLAR-E-USADO-POR-CAMPANHA-DE-ALIADO-DE-SARNEY,263826,260,0.htm

#Candidato que rompeu com Lobão Filho sofre atentado em Timon

CANDIDATO-A-DEPUTADO-BORGES.1

Um elemento armado de revólver e encapuzado tentou matar na madrugada desta quarta-feira (24), o candidato a deputado estadual pelo PSL de Timon, Francisco Borges.

O indivíduo disparou tiros contra o candidato sendo que uma das balas atingiu o peito esquerdo do candidato (veja foto ao lado conseguida com um parente do candidato). A tentativa aconteceu quando Francisco Borges chegava em casa, no bairro Santo Antonio, por volta das 3 horas da manhã. O candidato está internado no Hospital São Paulo em Teresina.

Fora de perigo já que a bala não atingiu nenhum órgão vital, Borges explicou como aconteceu. De acordo com ele, o indivíduo somente não conseguiu lhe matar porque estava muito próximo e conseguiu lhe agarrar após o primeiro disparo. O candidato diz que enquanto segurava a arma tentando impedir que sofresse novos tiros, o indivíduo disparou várias vezes o revólver, mas nenhuma das balas seguintes conseguiu lhe atingir.

Francisco Borges contou que o elemento fugiu logo após perceber que o revólver não tinha mais bala.

A integridade física do candidato a deputado estadual preocupa amigos e parentes dele. De acordo com eles, Francisco Borges fez nos últimos meses vários desafetos por conta de suas duras posições políticas. Suplente de vereador, no ano passado ele chegou a assumir o mandato por alguns meses.

Oriundo da base de apoio da ex-prefeita, neste ano, ele vinha também sofrendo duras críticas de aliados do grupo de Socorro Waquim e Sétimo Waquim por conta de sua decisão em ser candidato a deputado estadual. Os waquinianos queriam ele apoiando a candidatura da ex-prefeita para deputada estadual e Sétimo para federal, o que não ocorreu.

Na última segunda-feira, 22, Borges rompeu com os candidatos a governador Lobão Filho e senador Gastão Vieira, ambos do PMDB, comunicando publicamente na sua página no Facebook, onde gerou uma grande polêmica. Disse que os deixou por conta da falta de respeito e atenção que as duas candidaturas não tinham respeito e atenção com Timon. Até agora o fato é muito estranho e gera-se muitas especulações sobre o ocorrido.