#Flávio Dino dispõe de palanques para Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos

20140726090402778924u09/05/2014. Crédito: Honório Moreira/OIMP/D.A Press. Brasil. S
20140726090417641769u
Com palanques montados para Aécio Neves, Dilma Rousseff e Eduardo Campos, Flávio Dino reitera compromisso com os presidenciáveis e que todos estão unidos em torno de único objetivo no estado

Mariana Salgado

Publicação: 26/07/2014 09:03 Atualização: 26/07/2014 09:15

O candidato ao Governo do Estado, Flávio Dino (PCdoB), foi liberado pela Justiça Eleitoral a 

utilizar a imagem da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) em material de campanha. A decisão judicial legitima: o comunista poderá usar sua imagem vinculada aos três presidenciáveis a quem dá palanque no Maranhão – Dilma, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campo (PSB).

A coligação “Pra Frente Maranhão”, liderada por Lobão Filho (PMDB), entrou com pedido de liminar solicitando a retirar da fachada do comitê “Flávio Dino governador, Dilma presidente”, inaugurado na quarta-feira (23), na Avenida Beira Mar, e de banners e faixas, a imagem da presidente Dilma Rousseff.

Sendo o PMDB coligado com o PT no Maranhão, a coligação achou irregular que o PCdoB utilizasse a imagem da candidata petista, com a violação à norma contida no art, 54 da Lei n° 9504/97 e art. 5o da Resolução do TSE n° 23404/2013.

Ao que a juíza Maria José de França Ribeiro julgou improcedente. A magistrada considerou que o espaço foi pintado de vermelho (cor do PT), a estrela e propaganda da candidata Dilma, deixando claro ser um comitê da Militância Petista. De fato, a iniciativa foi da resistência petista, grupo dissidente da agremiação que não aderiu a aliança PT-PMDB no Maranhão.

Além do comitê pró-Dilma, outros espaços para campanha de Aécio e Eduardo podem ser criados. O deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), da coordenação da campanha de Flávio, informa que tudo depende da articulação dos partidos. A iniciativa deve partir do PSDB e PSB.

Flávio ainda poderá ter material gráfico com os outros candidatos. “É muito simples, temos uma coligação com nove partidos, que tem três candidatos a presidente diferentes. É normal que os partidos façam campanha para seus candidatos a presidente e a governador”, explicou Marcelo Tavares. Ele ainda lembrou que é habitual que o candidato a deputado federal e estadual produza santinhos com suas fotografias ladeadas da imagem de Flávio Dino e dos candidatos a presidente de preferência.

A utilização da imagem dos presidenciáveis ainda é legitimada pela Lei Eleitoral. O artigo 45 da Lei 9.504/97 define que permitido ao partido político utilizar na propaganda eleitoral de seus candidatos em âmbito regional, inclusive no horário eleitoral gratuito, a imagem e a voz de candidato ou militante de partido político que integre a sua coligação em âmbito nacional.

Palanque
Com o compromisso firmado com os três candidatos a presidente, Flávio promete dar palanque aos três.

Aécio Neves e Eduardo já estiveram no Maranhão. Em maio, ainda no período pré-campanha, o tucano esteve em São Luís para selar a aliança do PSDB e PCdoB. Já Eduardo esteve na capital no inicio de julho, dando o ponta pé inicial da campanha de Flávio nas ruas, realizando caminha com os candidatos da coligação na Rua Grande, centro comercial de São Luís.

A grande dúvida ainda é a vinda de Dilma, que tem palanque duplo no estado. Tanto Lobão quanto Dino anseiam o apoio anunciado da presidente.

Enquanto é definido a vinda de Dilma, Lobão anunciou visita do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), ainda este mês. Lula passará por Imperatriz e seguirá para o Leste do Maranhão, a cidade ainda está sendo definida, entre as opções Caxias e Timon, e por último, virá a São Luís, quando será dado inicio a campanha de Lobão na capital maranhense.

#Roseana roda a baiana e “esculacha” Edinho Lobão ” O PLAYBOY”

ROSENGANA

Do Blog Marrapá

A governadora Roseana Sarney (PMDB) se irritou com o fogo amigo do seu candidato a governador, Edinho Lobão (PMDB), que afirmou, no último sábado, em Sucupira do Norte, que sentia vergonha pelas promessas não cumpridas por ela.

Em discurso no município, o playboy brasiliense também disse que quando foi presidente da Comissão de Orçamento do Senado enviou R$ 4 bilhões para o Maranhão, dos quais Roseana gastou apenas R$ 780 milhões.

Inconformada com as mentiras do aliado, reveladas em primeira mão pelo blog, a filha do oligarca José Sarney (PMDB) convocou uma reunião às pressas com Edinho, que estava em agenda na cidade de Água Doce, para tirar satisfação sobre os tais “4 bilhões” que ele diz ter enviado para o governo dela.

Fontes bem situadas no Palácio dos Leões informaram que o teor da conversa entre os dois foi nada amistoso. Descontrolada, Roseana teria batido na mesa, xingado Edinho e o chamado de “doido” e “moleque”.

A governadora também exigiu mais respeito do peemedebista e se recusou a participar de outra reunião com prefeitos para cobrar deles mais engajamento na campanha do candidato da oligarquia.

De orelha quente e cabisbaixo por causa do esporro, Edinho Lobão retornou, às 16:30h de ontem, para cumprir agenda em Tutoia.

Reveja, abaixo, o vídeo em que o filho de Edison Lobão ataca a governadora Roseana Sarney:

http://www.youtube.com/watch?v=cYHWeCvrMOc

TRÁFICO DE DROGAS: PM ESTOURA BOCA DE FUMO NO CENTRO DE CAROLINA

  • Sexta, Jul 25 2014 Escrito por   18bdd04e288fc232234be2fb5ea8bf38_L
  • Jaci Guimarães e Rodrigo Macarrão estão presos na Delegacia de Polícia Civil de Carolina

Polícia prende traficante que tinha mandato de prisão decretado pela Justiça

Por volta do meio-dia, desta sexta (25), policiais da 2ª Companhia de Policiamento de Carolina prenderam Rodrigo Macarrão, Elza Maria Mouzinho dos Santos, 32 anos, e Jaci Guimarães Silva, 36 anos, em uma residência na Avenida Adalberto Ribeiro, no centro da cidade. Com o trio foram encontrados 542 gramas de maconha, uma balança de precisão, R$ 570,00, além de outros objetos, como relógio, cachimbo, munição calibre 32 e dois telefones celulares.

Contra Rodrigo Macarrão havia um mandato de prisão. Elza Maria, mulher de Macarrão, é a proprietária da residência onde o trio foi preso pela PM. Jaci Guimarães alegou na Delegacia de Polícia Civil que não tem ligações com o tráfico de drogas. Rodrigo Macarrão afirmou que Jaci é morador da zona rural e foi preso pela simples coincidência de estar no local da prisão dos traficantes. Elza Maria disse que não sabia que o material apreendido estava em sua casa.

O trio encontra-se na Delegacia à disposição da Justiça e das investigações contra o tráfico de drogas em Carolina.

Participaram da operação o sargento R. Costa e o cabo Dimas – ambos da Aplicações Táticas da PM –, os cabos Ney e Barreto e os soldados Bruno, Bandeira, Franco, Glauciane e Robson.

op-drogas-pm-01 op-drogas-pm-02

pm

# QUADRILHA DE CARROS CLONADOS AGEM NO SUL DO MARANHÃO

prf

Uma quadrilha especializada na venda de carros clonados pode estar agindo na região sul do Maranhão. Uma caminhonete que havia sido roubada foi apreendida em Balsas com a documentação igual à de outro veículo.

Com placa de Pedro Afonso, no Tocantins, foi localizada em uma fazenda nas proximidades de Balsas. Segundo a Polícia Militar, a caminhonete foi roubada em Teresina, no Piauí. “A investigação preeliminar indica que teria sido tomado de assalto do Piauí”, afirma o tenente-coronel Claudio Roberto Farias.

Com essa apreensão, a polícia começa a identificar uma quadrilha que age em toda região. Segundo o comandante, os bandidos roubam os veículos em outros estados e trazem para regiões próximas à Balsas, por ser uma cidade polo e possuir, em circulação, veículos com placas de todo o Brasil.

A polícia não conseguiu encontrar o motorista do veículo de Pedro Afonso, mas já identificou suspeitos de integrar a quadrilha. Os nomes não foram divulgados para não atrapalhar nas investigações.

60bebe8f2483edcc7cc35c8002549bbb

 

caminhonete roubada

http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2014/07/quadrilha-pode-estar-vendendo-carros-clonados-na-regiao-sul-do-ma.html

Reveja matérias similiares em Carolina

https://henriqueaires.wordpress.com/2014/03/14/policia-civil-de-carolina-apreende-veiculo-clonado-de-grande-empresario-de-carolina/

ENTRE O ESGOTO E A POEIRA: MORADORES DO CENTRO DE CAROLINA RECLAMAM CONTRA DESCASO

  • Quinta, Jul 24 2014  Escrito por 
  • 15d406f06ce12f2ac57cb5137d1afc69_XL
  • Mas, é assim mesmo! A política está chegando, diz morador

     

    São apenas 120 metros de via pública entre a Avenida Adalberto Ribeiro e a Rua dos Operários – no centro da cidade de Carolina. Porém quem chega ao local pela Operários se depara com o primeiro problema. Uma vala de esgoto a céu aberto dificulta o acesso de moradores e de quem tem algo a tratar na Travessa Adalberto Ribeiro. Quem vence o primeiro obstáculo não se livra de outro problema: a poeira – além de lixo e entulho acumulado.

    Um dos moradores postou imagens em seu perfil no Facebook, chamando a atenção do prefeito Ubiratan Jucá (PMDB) para o problema enfrentado diariamente por ele e por seus vizinhos.

    “Estamos podendo passar pela vala e pela rua porque colocamos entulho no local”, disse o morador, que promete encaminhar fotos do local ao prefeito Ubiratan Jucá, na tentativa de sensibilizá-lo para que determine a pavimentação da travessa.

    “Já falei com o secretário de Infraestrutura [José Jr.]. Ele disse que tem um custo muito alto. Pedimos também que tampas sejam colocadas sobre as valas de esgoto. Até hoje não colocaram”, afirma o morador da Travessa Adalberto Ribeiro.

    Segundo ele, um buraco está se abrindo no meio da travessa. “Mas, é assim mesmo! A ‘política’ está chegando”, lamenta com expectativa de que o prefeito resolva realizar a obra com a intenção de conseguir votos para seus candidatos nas próximas eleições.

    OUTRA EXPECTATIVA – Os moradores têm ainda outra expectativa. O vereador Hélio Júnior Barbosa morou bastante tempo na esquina da Rua dos Operários com a Travessa Adalberto Ribeiro e por este motivo os moradores esperam que ele possa reivindicar a obra no local da mesma forma que reivindicou votos dos moradores nas últimas eleições municipais.

#CAROLINA-MA: RELATÓRIO DE CORREIÇÃO GERAL ORDINÁRIA 2011-FÓRUM CAROLINA

4

 

 

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

1

23

56

78

910

1112

1315 16

 

 

IRREGULARIDADES CONSTATADAS E RECOMENDAÇÕES

 

7 8

9 Vara 10 11

 

PROVIDENCIAS ADOTADAS

providencias adotadas

18dinheiro horário lentidão pedido 2 vara treinamento aos servidores

 

FONTE: gerenciador.tjma.jus.br/app/webroot/files/publicacao/19576/20111104_relatorio_de_correicao_ordinaria_da_comarca_de_carolinama

OBS: OS 50 PROCESSOS AVERIGUADOS FORAM OMITIDOS POR RAZÃO DE RESPEITO AOS ENVOLVIDOS NAS AÇÕES. MAS NO SITE DA CORREGEDORIA DE JUSTIÇA DO MARANHÃO ESTÃO DISPONÍVEIS AO PÚBLICO

# OBRAS ELEITOREIRAS EM CAROLINA-MA

PALHAÇO2

 

Destacamos o início dos trabalhos de obras na rua Cidade Riachão,Tancredo Neves e 1º de setembro com os investimentos do Governo Federal destinado a usarem bloquetes sextavados num valor de R$ 600.000,00

 “Que bom que o Prefeito de Carolina-Ma está acordando do sonho. Começávamos a pensar que a torre (Secretaria de Infra estrutura) seria estacionamento permanente das máquinas. Fico feliz que finalmente depois de 1 ano e 6 meses de verão e de alguns dias as máquinas estacionadas agora vão entrar em funcionamento”, 

“Pelo menos são duas obras a menos que foram retomadas, uma vez que as Unidades Básicas de Saúde que foram iniciadas andam devagar e feitas quase de má vontade, a Av. Elias Barros nem se fala. parou no tempo”,. Citamos também como má vontade da administração municipal a obra paralisada do bairro ticoncá, que viraram, derrubaram todas as árvores, levantaram poeira e até hoje, um ano após, nada se fez.

Em seu Monólogo na rádio Cidade, O magistrado local, Juiz da Comarca de Carolina, conclama a população a se atentar aos Deputados que só aparecem de 4 em 4 anos, que nunca fizeram nada pela cidade e que nesse período surgem como os bons ‘samaritanos’ e que irão resolver todas as mazelas da comunidade, usando as emendas parlamentares para fazerem suas campanhas políticas.

Essas Obras eleitoreiras têm tão e somente o objetivo de vender esperança à população mais excluída da sociedade, pois os mesmos políticos corruptos, que  sempre anunciam obras milionárias e grandes obras de uma única vez, são os políticos que negam a dignidade a pessoa humana, pois negam saúde, negam educação, negam segurança, negam a possibilidade de desenvolvimento e crescimento social, cultural e intelectual.

São Políticos, mercenários corruptos que tem nas suas costas a morte de alguns carolinenses por falta de uma saúde de qualidade, que entram na marginalidade por falta de educação e oportunidade de empregos. Não se enganem e nem aplaudam políticos por anunciarem obras em período eleitoral, pois você pode está comprando um sonho que não será realizado.

Obras eleitoreiras muitas vezes desperdiçam o dinheiro público e não se constituem em prioridade. Muitas delas não atendem as necessidades da população”, Nós precisamos sempre distinguir momentos e prioridades.

A pavimentação de ruas é a obra eleitoreira mais comum no Brasil em período de campanha. Primeiro por que a população desconhece os critérios técnicos e obras preliminares que devem anteceder o asfalto, que devem ser respeitados antes da pavimentação tais como construção de galerias pluviais, canaletas e meio fio que evitariam que o asfalto desgastasse e aumentaria sua durabilidade. Segundo por que sua implantação de maneira não adequada como a que ocorre aqui em Carolina-Ma e em tantos outros lugares, traz ganhos políticos imediatos para os políticos que se utilizam desta artimanha, que ainda que claramente eleitoreira, impacta muitos eleitores que se deixam enganar por este velho truque.

Porém o  maior problema destas pavimentações (De qualidade muito duvidosa diga-se de passagem) que visam os votos ao invés dos critérios técnicos, é que quando este tipo de pavimentação é realizada, muito embora o custo x beneficio para os maus políticos seja vantajoso a curto prazo, porém este se torna muito caro para os interesses da população a longo prazo, uma vez que mesmo que o asfalto dure por alguns anos, quando decidirem implantar a infraestrutura que deveria anteceder a pavimentação, será necessário implantar as galerias pluviais, galerias estas que evitam o acúmulo das águas das chuvas nas margens das pistas, deste modo prolongando a durabilidade da pavimentação, bem como em muitos casos também é necessário quebrar calçadas, meio-fio e o próprio asfalto para implantar uma infraestrutura preliminar básica que deveria anteceder tudo isso.

Entretanto existe ainda algo ainda mais nefasto neste tipo de obra eleitoreira, pois o asfalto ele impermeabiliza o solo, e aumenta a quantidade e a velocidade de deslocamento das águas das chuvas, portanto se não forem feitos os estudos e obras preliminares, diversos pontos de alagamentos irão aparecer, e os custos para a implantação de galerias nestes casos é ainda maior, e quando isto ocorre sistematicamente ao longo de muitos anos, gestão após gestão a tendência é o sistema viário da cidade entrar em colapso a primeira chuva forte que cai.

“As águas das chuvas, muitas vezes, danificam ou retiram parte da urbanização e, quando existem edificações, as mesmas estão sujeitas a serem invadidas e alagadas, com riscos de vida e prejuízos materiais, como será o caso das casas da rua cidade Riachão que no período de inverno desce um rio pela rua Tancredo Neves, desaguando no córrego lava caras.

Mas…  é assim que a população se engana… a necessidade e a vontade de que o Seu Prefeito faça algo, já que se passaram 1 ano e 7 meses e nada.. fazem com que a população de Carolina se mantenha alienada e alheia ao que realmente está acontecendo.  Desvios de dinheiro público e desvios de finalidade de um dinheiro Federal.

 

 

011e88ef4a8328e08be9d913808b8290_XL