# UBIRATAN JUCÁ (PMDB) NÃO CONSEGUE EXPLICAR ONDE ESTÁ O DINHEIRO DO ROYALTIES DA BARRAGEM UHE

 Imagem

SÃO R$ 2.842.467,25 ( DOIS MILHÕES OITOCENTOS E QUARENTA E DOIS MIL QUATROCENTOS E SESSENTA E SETE REAIS E VINTE E CINCO CENTAVOS) QUE DESAPARECERAM DE CAROLINA.

 Nenhuma informação é dada sobre os royalties que deveria auxiliar na educação e na saúde dos carolinenses.

5 meses de atraso no transporte escolar, Hospital sem médicos e sem medicamentos. falta merenda escolar, as ruas estão só buracos para todos os lados, pontes caindo, servidores sem receber seus salários.

 

 e a PREFEITURA MUNCIPAL DE CAROLINA RECEBEU NO ANO DE 2013 MAIS DE 2 MILHÕES.

COM A PALAVRA O EXMO SR. PREFEITO “PROMETEU” 

# Carnaval 2014: Judiciário adota medidas para proteção de crianças e adolescentes. Mais porque só agora??

 Imagem

Vivemos em uma cidade onde vemos aberrações sendo cometidas por crianças e adolescentes durante todo o decorrer do ano sem a menor interferência das autoridades.

 Uma cidade que culturalmente não se cumpre as regras e as leis, desde o maior ao menor infrator.

  Cidade formada por jovens sedentos de lazer, cultura, esportes e de uma condição digna para se viver esse momento tão importante na vida.

  Vemos diariamente nos corredores do HMC- Hospital municipal, crianças gravidas, drogadas e sem a menor proteção e tutela do estado.

Aos fins de semana não temos um espaço adequado para lazer e diversão dos mesmos…

A nova democracia de Carolina, fez com que os eventos da cidade acabassem.

Não temos mais um mês de julho de diversão, lazer e prazer… não temos espaços adequados para festas… proibiram sons automotivos, fecharam as casas de festas, eliminaram as baladas na praça dos hots, perseguem os jovens nas motos.

 o que restou?

       Puro ócio.

O termo ócio, significa a meu ver, o tempo gasto em atividade não produtiva, ou seja, gasta-se o tempo de modo não produtivo.

A ociosidade, assim como o cativeiro e o isolamento afetivo, é a principal causa das perturbações dentro das creches, prisões, hospitais e centros de menores, que agem sob o nome de neuroses institucionais e que podem ser corrigidas através de atividades de lazer dirigido, onde ensinem as pessoas a usarem convenientemente o tempo livre.

 e o que esses que se dizem usando do seu poder fazem pelos jovens de Carolina?

O que vocês dão em troca dessas portarias de conveniências para não terem trabalho ou investimentos?

  Sabe-se que muito do mal que ocorre entre os jovens  são resultados das próprias ações impensadas desses que se dizem detentores do poder e da ordem.

   A Portaria de conveniência vem de encontro com o que vemos nos últimos anos.. nenhuma dessas autoridades ficam em Carolina para cuidar dos seus durante o evento… certeza irão curtir carnavais estruturados em cidades próximas, para descerem suas mascaras e assumirem a verdadeiras.

 PORTARIA 010/2014

ALGUNS DETALHES NOS CHAMAM A ATENÇÃO

No art 5 fala sobre os alvarás para as festividades.

há exigência de no minimo 10 dias de antecedência. Mas como ser cumprido se a portaria foi assinada dia 20 e a festa é dia 28?

é proibido a venda de bebidas até aos maiores de idade, durante as festividades infanto juvenis…

todos os adolescentes deverão estar possuindo RG ou CPF;

Das sanções

art 14.  Como cumprir isso?

 

  o que vejo é uma auto promoção junto  à corregedoria de justiça do estado e nada mais…

 

 

 

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

#OPERAÇÃO TARTARUGA DA PM DO MARANHÃO

Imagem

Um dos líderes do movimento explicou que, com a “Operação Legal”, ou “tartaruga”, “nem todo suspeito será abordado e revistado pelos PMs;

isso só ocorrerá com aqueles que, comprovadamente, possam estar envolvidos em algum delito”.

Durante a operação, as viaturas policiais só irão circular dentro do limite de velocidade permitido para cada avenida e rua da cidade.

“Nada de pressa em chegar ao lugar da ocorrência. Vamos circular sem furar sinal vermelho ou trafegar em alta velocidade”, disse o policial.

Em meio a uma grave crise na área da segurança pública – com ênfase para o caos no sistema penitenciário e disparada nas estatísticas de homicídios na Grande São Luís –, a governadora Roseana Sarney (PMDB) se vê agora diante de um movimento reivindicatório de policiais militares e bombeiros, que decidiram, em assembleia geral, na noite de ontem (26), dar início a uma “operação tartaruga”.

O movimento – chamado de “Operação Legal” pela categoria – já começou ontem mesmo, e consiste em agir somente dentro do que determina a lei, principalmente em casos de abordagens

Ontem à noite, após a assembleia – ocorrida na Federação dos Trabalhadores da Indústria no Estado do Maranhão (Fetiema), na Praça da Bíblia –, aproximadamente 300 PMs e bombeiros se dirigiram para a frente do Palácio dos Leões (sede do governo estadual), onde protestaram por terem ficado de fora dos reajustes concedidos na segunda-feira (24) a outras categorias de servidores.

De acordo com representantes da Associação dos Servidores Públicos Militares do Maranhão (Assepmma), os 7% anunciados pelo governo como reajuste nos vencimentos dos militares referem-se à reposição de perdas salariais, acertada por meio de negociações em 2011, e não significam um reajuste real.

“Foram realizados todos os esforços para um diálogo com o governo do estado, a fim de tratar das perdas salariais de 2009, 2010 e 2011; revogação do art. 22 da LC 73/2004 (uma contribuição obrigatória considerada indevida pela categoria); redução da carga horária; e reestruturação da carreira, mas nada disso foi feito”, disse um dos líderes do movimento ao Jornal Pequeno.

Com policiais e bombeiros cercando a sede do governo maranhense, o clima chegou a ficar tenso no local, mas não houve confronto.

O QUE VAI SER A ‘OPERAÇÃO TARTARUGA’ DE PMs E BOMBEIROS DO MARANHÃO

Até que haja uma resposta positiva do governo estadual, policiais militares e bombeiros atuarão, já a partir do período de Carnaval, em regime de “operação tartaruga”. Não haverá recusa em atender ocorrências, mas:
. As viaturas trafegarão no máximo a 20 km/h;
. Não haverá realização de abordagens (só às pessoas que, comprovadamente, possam estar envolvidas em algum delito);
. Não haverá apreensões de veículos;
. Sirene ou giroflex não serão usados;
. Serão feitas conduções somente em estado de flagrante delito;
. PMs e bombeiros se apresentarão à paisana, caso estejam há mais de 2 anos sem receber fardamento;
. PMs e bombeiros não pilotarão viaturas, caso não possuam curso de habilitação específico para dirigir viaturas de emergência, conforme exige o Código de Trânsito Brasileiro (CTB)
. PMs motociclistas não pilotarão sem os EPI (equipamentos de proteção individual), que são o capacete, as joelheiras e as cotoveleiras

Fonte:Jornal pequeno

#Líder do governo diz que Roseana pode renunciar no fim do mês de março

Imagem

*Nos bastidores, aponta-se que Roseana está em dúvida sobre quando será o melhor período para renunciar.

Em um ano atípico eleitoral, o cenário político maranhense começa a ganhar forma, mesmo diante de tanto mistério acerca da possível saída da governadora Roseana Sarney (PMDB) para concorrer a uma vaga no Senado Federal. Oficialmente, a chefe do executivo estadual ainda não declarou se deixa mesmo o governo. Mas nos bastidores, os aliados dão quase como certa a sua saída para o mês de abril e não mais para antes do carnaval, como estava sendo especualado.
Porém, o que não é consenso e vem desestabilizando as certezas da base governista na Assembleia Legislativa do Maranhão é a questão quanto ao prazo de desincompatibilização. As consequências diante da escolha de Roseana vão influenciar, por exemplo, as condições de reeleição do presidente da Assembleia, Arnaldo Melo (PMDB).
Entre os deputados da base governista, as opiniões versam para a permanência de Roseana Sarney até, pelo menos, o final do mês de março, com o intuito de garantir a execução das obras que ainda estão pendentes de conclusão, como uma forma de aproveitar ao máximo os últimos dias enquanto governadora. Essa, por exemplo, é a opinião do vice-líder do governo, deputado estadual Magno Bacelar (PV), que defende que a governadora não se pronunciou ainda por estar tratando de questões administrativas do estado. “Nesse momento a governadora vem cuidando dessa agenda positiva de seu governo, de obras vitais. Esse mês de março é um mês importantíssimo para ela. É um mês de decisão, decisão política que, claro, ela está analisando da melhor forma possível. No momento ela está preocupada com essas conclusões de obras”, ressaltou Magno Bacelar.
Questionado a respeito se o anúncio se daria ainda no mês de março, Magno Bacelar diz não acreditar que a decisão seja verbalizada em meados do começo do começo do próximo mês. “Com certeza o anúncio não será feito no começo de março, nós tivemos reunidos com ela, recentemente há uns 10 dias, e esse assunto não foi tocado.
 
Este é um assunto que compete a nossa governadora sobre o momento oportuno de agir. É claro que ela tem esse espaço durante todo o mês de março, um mês que ainda tem muita coisa para acontecer”, afirmou Bacelar.
O deputado arriscou um palpite sobre a data a qual todos saberão da decisão de Roseana Sarney, que deverá acontecer perto do prazo final de desincompatibilização. “Essa decisão política eu imagino que ficará lá pelo final de março, que é exatamente o período de desincompatibilização para qualquer pré-candidato que deseja concorrer a um cargo”, finalizou Magno.
Desdobramentos
Três situações são previsíveis para a eleição de 2014. Se a governadora decidir sair, dá-se a eleição indireta, com o presidente da Assembleia assumindo interinamente por 30 dias, prazo o qual é convocado o pleito indireto, diante de duas possibilidades: uma, de ele permanecer no cargo e assim se tornar inelegível para concorrer à vaga de deputado – porém perfeitamente alistável para se candidatar a governador – e a segunda possibilidade de assumir somente pelos 30 dias, com a escolha de outro representante para terminar o mandato chamado “tampão”. Na segunda hipótese, dependendo da data que a governadora abrir vacância do cargo, Arnaldo Melo ficará sem mandato eletivo de deputado para a próxima legislatura.
Mas ao que tudo indica, a governadora deverá permanecer até o último prazo no cargo, dessa forma tornando Arnaldo Melo inelegível para concorrer novamente a deputado estadual, porém com a possibilidade de ele permanecer até os últimos dias do ano como governador do estado.
Lembrando que diante das indefinições, muita coisa ainda pode acontecer, inclusive a permanência de Roseana Sarney até o final do mandato, encerrando a sua carreira política, pelo menos nos próximos anos, conforme também já anunciado por ela mesma em outras oportunidades.
 
Fonte: Oimparcial

# inicia-se a operação carnaval 2014 da PM de Carolina com expectativa positiva

Imagem 

Na manhã de quarta feira(26), Policiais Militares da 2ª Companhia do 4º Batalhão de Polícia Militar,com o comando do Capitão Nascimento, inciam operação Carnaval 2014.

Foi intensificado a fiscalização veicular, com o intuito de  averiguação de documentação e itens de segurança obrigatórios, para fazer valer a segurança e a tranquilidade aos carolinenses e foliões.

Segundo informações extra oficiais, o batalhão de Carolina conta hoje com um aumento de 8 homens militares (recém formados) para garantir mais segurança à comunidade.

A operação  contou e contará com blitzen em avenidas e ruas, com emprego de viaturas, serviço de rádio patrulha, posicionamento de policiais e veículos em locais estratégicos.

“observa-se que haverá  mobilização de todos os  recursos humanos para a atividade constitucional da Polícia Militar, que é a prevenção”

lembrete: “Quem vier para Carolina com a intenção de cometer algum ato infracional, algum tipo de crime, a Polícia Militar, Polícia Civil,  estarão prontos para agir de maneira dura e cumprir a lei. Já para os cidadãos que vierem com a intenção de se divertir, de usufruir, estes serão muito bem tratados pela PM e pela população carolinense.

Imagem

Imagem

# MUNDO HACKERS… Com nova falha, hacker pode ler mensagens particulares do WhatsApp

Imagem

Especialistas revelaram mais um problema grave no aplicativo WhatsApp, usado em celulares para o envio de mensagens instantâneas, parecidas com SMS, pela internet. O software já teve problemas com privacidade e recentemente aplicou melhorias na segurança, mas agora se sabe que a maneira que o WhatsApp autentica um celular pode ser facilmente duplicada, permitindo, em alguns casos, que qualquer pessoa em uma rede Wi-Fi, por exemplo, leia as mensagens WhatsApp do utilizador.

O WhatsApp não exige que o utilizador cadastre uma senha e um nome de usuário para entrar na rede, tornando o aplicativo bastante parecido com softwares de SMS. Nos bastidores, no entanto, o WhatsApp cadastra um nome de usuário e uma senha. O nome de usuário é apenas o número de telefone. A senha é baseada em números identificadores do celular: o IMEI, no caso de celulares com Android, e o endereço MAC (Media Access Control), no caso do iPhone.

Nenhum identificador aleatório é utilizado junto dessas informações – algo que seria fácil para o WhatsApp cadastrar. Ou seja, tendo o IMEI ou endereço MAC, junto com o número de telefone é possível entrar na conta WhatsApp da vítima, ler as mensagens que ela recebe e, inclusive, enviar mensagens em nome da vítima.

O número do IMEI (International Mobile Equipment Identity – Identidade Internacional de Equipamento Móvel) pode ser lido por qualquer aplicativo instalado pelo celular. Ele também normalmente está escrito em um adesivo localizado abaixo da bateria e pode ser obtido digitando-se *#06# no celular.

No caso do iPhone, a questão é ainda mais preocupante. O WhatsApp utiliza o endereço MAC – um número associado à placa de rede sem fio do celular. Esse número é publicado toda vez que o celular se conecta a uma rede sem fio: estando conectado, qualquer sistema na mesma rede sem fio pode obter o número MAC.

Não há nenhuma dificuldade para conseguir o número do telefone: o WhatsApp envia o número de telefone junto com cada mensagem, desprotegido.

Na prática, alguém que acessa a mesma rede Wi-Fi que você pode ler suas mensagens do WhatsApp e enviar mensagens como se fosse você – se você estiver usando um iPhone.

No caso do Android, será preciso acesso físico ao celular ou convencer você a instalar um app. Apesar de o Android isolar os aplicativos, não permitindo que um app interferia no funcionamento de outro, WhatsApp não está protegido, porque utiliza duas informações disponíveis para qualquer app – o número de telefone e o IMEI.

Os desenvolvedores do WhatsApp já fizeram ajustes no modo que o app autentica os celulares, mas o problema ainda existe.

Especialistas da publicação alemã “heise Security” conseguiram com sucesso utilizar a brecha para ler mensagens destinadas a celulares. Como o WhatsApp não fornece informações sobre o protocolo de comunicação, a publicação utilizou a WhatsAPI, um código não oficial, para acessar as contas.

Problema anterior
Em agosto, o WhatsApp realizou uma mudança para utilizar criptografia no envio e recebimento das mensagens. Antes, tudo era enviado em “texto plano”: em uma rede sem fio, o conteúdo das mensagens podia ser “visto” por outros usuários conectados à rede.

Com a mudança, as mensagens saem protegidas já do aparelho, impedindo que os dados interceptados sejam lidos.

Como a nova falha utiliza o endereço MAC da placa de rede do iPhone, utilizar o WhatsApp em Wi-Fi ainda é um risco de segurança.

A recomendação, por enquanto, é evitar usar o WhatsApp para mensagens com conteúdo sensível. Não adianta reservar o uso do WhatsApp para o 3G: ao conectar em uma rede Wi-Fi, no caso do iPhone, outras pessoas poderão acessar sua “conta” do WhatsApp, desde que seu número de telefone seja conhecido. Se você enviar uma mensagem pelo WhatsApp em uma rede Wi-Fi, ele também vai informar o número do telefone, dando a um possível invasor todas as informações necessárias.

Também vale ficar de olho para instalar qualquer atualização do WhatsApp, já que – espera-se – o problema seja corrigido em breve.

 

# # PREFEITO UBIRATAN JUCÁ(PMDB) X ESCOLA FECHADA

Imagem         
Segundo moradores do povoado da Buritirana distante 80 quilômetros da cidade, povoado que fica dentro do Parque Nacional da Chapada das Mesas e bem próximo às Cachoeiras de São Romão, até o dia 25 de fevereiro de 2014, seus filhos não sabem se irão estudar na Unidade escolar Norberto José da Silva e reclamam que no ano de 2013 apenas frequentaram poucos meses, sem a menor estrutura.
O que soubemos através do vereador Zé Filho (PSDB) é que apenas 80 dias letivos foram trabalhados no ano de 2013 na zona rural.

Ainda relatam visita à localidade, dando informação que por não terem dinheiro para manter tal escola, ela corria o risco de não funcionar esse ano. e a culpa seria do Governo Federal.

O Posto de Saúde Alcides Coelho Espíndola – construido no segundo mandato do prefeito João Alberto, inaugurado em 2008. está sem atendimento aos moradores daquela comunidade.

Imagem

Até o momento não vemos o atual grupo politico mostrar competência para gerenciamento do município. Não faltam criticas ao novo governo de Carolina… mas diante de tantos desmandos, fica fácil criticar e ser oposição.